AGROTÓXICOS

Publicado em 4/08/2018 00:08

Não, não, vamos chamar de defensor agrícola.
Termo mais suave. Afinal, eu não quero ingerir agrotóxicos junto com minha salada, mas, defensor pode passar uma ideia melhor.
Vixi, Camila, você virou ambientalista agora é?!
Primeiro, percebam o preconceito.
Se eu dissesse: usem agrotóxico, aumentem a produção e a quantidade de comida (contaminada, imprópria, mas, quem liga né, pelo menos rende para o Agronegócio e para a economia) ninguém me julgaria, talvez me parabenizariam.
Segundo: qual é o problema em pensar no meio ambiente? Até porque na minha lógica o verdadeiro problema é não pensar nele.
Vivo dizendo que seu corpo é sua casa. O meio onde você vive também.
Sem corpo e sem ambiente não existe vida.
Dito isso, vamos então analisar a situação.
É necessário aumentar a produtividade para que se lucre mais (que fique claro que o fim é esse, não é distribuir mais alimentos e diminuir a fome no país).
Para aumentar o lucro eu não preciso produzir mais em menos tempo e sem perdas.
Como fazer isso? Agrotóxicos.
Ai Camila, qual o drama, isso já é utilizado.
Exatamente. Não bastasse isso, agora vamos usar um pouco mais e tipos de venenos diferentes. Além disso, vamos deixar o ministério da Agricultura cuidar de tudo. Deixemos Anvisa, Fiocruz, Inca, Ibama e até o Ministério Público de fora, porque eles não pensam no progresso. Os órgãos de fiscalização demoram demais para aprovar o uso de agrotóxicos (talvez porque o país não comporte ou porque sejam necessários diversos estudos, mas, enfim). Vamos deixar lá na Agricultura e tudo se resolverá rapidamente.
Nossa, Camila, você é do contra, Europa e Estados Unidos utilizam alguns agrotóxicos que nós não utilizamos.
Bom, primeira observação, sem querer de forma nenhuma ofender, contudo, abram os olhos, não somos eles nem em tecnologia, nem em fiscalização, nem em nada. Lá o controle de mananciais e água acontece durante toda época de produção e mais especificamente durante o uso de pesticidas. Aqui o último controle é de 2014 e de apenas 20% da nossa bacia hidrográfica.
Enfim, eu poderia dar todos os argumentos, mas como profissional de saúde minha maior justificativa é exatamente essa: a sua saúde.
Brasileiro consome cerca de 7 litros de agrotóxicos por ano. Atualmente, já sabemos da utilização de alguns que são inclusive proibidos.
Os malefícios já estão bem estabelecidos.
Eu não quero consumir mais. Não quero isso para minha filha.
Também não quero dizer para você parar de comer frutas, legumes e verduras.
Se puder preferir as orgânicas, excelente.
O que eu quero é que parem de colocar veneno na nossa comida.

Uma vida saudável começa pela alimentação!
Consulte sempre um nutricionista!

Última Edição