CIRURGIA

Publicado em 25/03/2017 00:03

As vezes uma cirurgia acontece.
Os planos mudam.
Você tem que ficar imobilizado.
Pode ser planejada, desejada ou aquele susto que machuca e precisa ser reparado.
Toda cirurgia te transforma. É uma mudança.
Tem o repouso, a reabilitação, a readaptação ao novo jeito.
Talvez o mais importante da cirurgia seja esse tempo: repouso e readaptação.
Tempo para você pensar e mudar, inclusive, alguns hábitos alimentares.
Independentemente de qual cirurgia você tenha que fazer, todas requerem um cuidado nutricional. Umas mais outras menos.
Mas, se você precisa cicatrizar, reabilitar ou recuperar é preciso estar nutrido.
Nesse momento melhorar o aporte de proteínas, aumentando o consumo de carnes, leguminosas, leite e derivados, ovos, além de alguns aminoácidos específicos é interessante.
Além disso, mais uma vez, diminuir o consumo de açúcar e refinados é essencial para garantir a síntese de colágeno e favorecer a cicatrização.
Oferecer vitaminas e minerais consumindo pelo menos duas vezes por dia legumes verduras coloridos também é essencial.
Os grão integrais, ricos em vitaminas do complexo B, magnésio auxilam no sistema imunológico e ajudam a fortalecer seu corpo.
Azeite, sardinha, salmão, atum, chia, linhaça, castanhas são ricos em ômega 3, fundamental por ser antioxidante e antiinflamatório.
Alimentos verde escuros tem vitamina K e auxiliam na coagulação.
Outra dica essencial: hidratar-se. Beba água. Nenhuma célula funciona ou se recupra sem água.
Claro que é válido procurar orientação individualizada, assim sua recuperação será um sucesso.
Quem sabe você apreveita e já faz uma “cirurgia” nos pensamentos antigos e muda de vez os maus hábitos alimentares.
Uma vida saudável começa pela alimentação!
Consulte sempre um nutricionista!

Última Edição

primeira

primeira