MELHOR DIETA

Publicado em 21/04/2018 00:04

Atualmente vivemos em um “ringue” nutricional.
Num canto, defensores da dieta low carb, de outro jejum intermitente, no meio cetogênica e, firme e forte apesar de todos os modismos, tentando mostrar que ainda é o que funciona, temos a alimentação saudável e balanceada.
As dietas da moda sempre existiram e sempre vão existir.
O problema são os nutricionistas que se agarram a uma idéia, como se ela fosse a única alternativa, e passam a usá-la e ser totalmente contra outra posição.
Vejo que as mídias sociais se tornaram também um ringue entre os profissionais. De um lado os que defendem uma idéia e do outro os que são contra e apoiam outra.
Todos baseados em estudos científicos, evidências e tudo mais. Todos preocupados em uma coisa só: fazer você acreditar que o que ele fala é a verdade absoluta e ponto final.
E é aí que mora o problema.
Não somos iguais. Graças a Deus. A essência está inclusive nisso.
O problema é que a mídia foca na dieta e não em você.
Às vezes foca em algumas doenças e fazem diversas orientações sobre certo e errado, mas não focam no todo que você é e na individualidade do funcionamento do seu corpo.
Não existe certo e errado.
Existe o que talvez seja bom para uma pessoa, mas nem tão bom para outra.
Ah, Camila, mas todos têm estudos que comprovam. Claro que tem. Mas, vamos pensar assim, determinado estudo provou que aquela estratégia nutricional é realmente eficiente num nível de significância, ou seja, deu certo para a grande maioria dos indivíduos estudados. Porém, houve uma minoria, que não se beneficiou, e o meu questionamento é que talvez você possa estar nessa minoria. Por isso, é preciso te avaliar individualmente, conhecer como seu corpo funciona e reage. Então, a partir daí, decidir qual caminho seguir.
Não siga modismos ou mídias. Siga o seu caminho.
E, como nutricionista, peço desculpas pela bagunça que alguns colegas fazem com tanta desinformação.
Não seja doutrinado.
Seja você e sua melhor dieta.

Uma vida saudável começa pela alimentação!
Consulte sempre um nutricionista!

Última Edição