PERFEITO

Publicado em 20/10/2018 00:10

Se não for para fazer perfeito, nem faço.

Você é assim?
Perfeccionista? Quer fazer tudo certo?
Difícil esse povo perfeccionista.
Primeiro, porque nada está bom o bastante. Segundo, porque quando você quer que tudo saia perfeitamente do modo como você planejou, lidar com as frustrações, aqueles pequenos grandes detalhes que você não tinha programado, fica muito mais difícil.
E é exatamente aí que mora o problema.
O perfeccionista quer tudo certo. Quer saber se está fazendo tudo certo e, pela sua lógica, se está fazendo tudo certo, o resultado tem que ser o esperado.
Mas, nem sempre, ou na grande maioria das vezes, isso acontece.
Trazendo para a Nutrição, você ser humano perfeccionista que come corretamente de 3 em 3 horas, nada de industrializados, nem carne, vegano, ou qualquer outra coisa que te faça sentir perfeitamente saudável em relação a alimentação. Você come assim porque acredita que assim é o certo. Sim, talvez certo para você. Mas, não existe um certo para todo mundo. Ninguém é igual a ninguém.
Daí, você perfeccionista em tudo, que faz tudo certinho e não emagrece, começa a se incomodar com a amiga que bebe, come, não faz exercícios e é magra. Que ódio dela, gente.
Por que ela faz tudo errado e não engorda? Deus deve estar de brincadeira comigo.
Bom, primeiro ela não é você. Em nada. Absolutamente nada. Por isso, comparações são impossíveis.
Segundo, por que você se compara aos outros? Por que repara? Para se sentir melhor quando vence na comparação? Ou para arrumar uma desculpa de que o mundo está contra você e nada da certo na sua vida? Ou ainda, para se inspirar? Ou pior, porque queria ter a vida dele?
Enfim, quando pensamos em perfeição, pensamos em comparação. Perfeito em relação a o que?
Meu trabalho não tem nenhum erro. Meu treino está perfeito. Minha alimentação está correta.
Percebe? Perfeita e correta em relação a o que e a quem?
E é assim que a vida fica difícil. Porque morar na perfeição não permite erros, deslizes, escapadas. Ou seja, não permite que você seja humano.
E nem na vida e nem na alimentação são assim.
Pare de se cobrar tanto. Comece com pequenos passos que podem ser dados.
Não consegue parar o doce? Diminua.
Não consegue fazer exercício todos os dias? Faça 2 ou 3 vezes.
Não consegue comer salada? Coloque legumes e folhas nos sucos.
Não consegue parar a farinha? Coma uma vez ao dia apenas.
E pronto.
O bom não precisa ser inimigo do ótimo.

Uma vida saudável começa pela alimentação!
Consulte sempre um nutricionista!

Última Edição