POR QUE VOCÊ COME O QUE VOCÊ COME?

Publicado em 1/06/2019 00:06

Você já parou para pensar nisso?
Por que você come o que você come?
Suas escolhas são baseadas em que?
No que você gosta?
E por que você gosta do que você gosta?
Confuso, né? Mas, é simples.
Existe uma coisa que se chama senso comum: arroz engorda.
Pronto, coitado do arroz.
E quem disse que arroz engorda? Ou melhor, quem fez as diretrizes de nossa alimentação?
Não seja ingênuo em pensar que todas as diretrizes foram elaboradas apenas com base nos estudos de saúde, até porque os estudos mudam constantemente.
As diretrizes também se baseiam em produção.
O que o nosso país mais produz? O que é preciso vender? Isso vai influenciar sua escolha mesmo que sem saber.
Comemos muito mais carne do que antes. Sua avó matava um frango e o dividia em 25 pedaços. Hoje você o come praticamente sozinho.
Porém, perceba que algumas coisas não tão lucrativas, leia-se frutas, legumes e verduras, embora sejam consideradas pelas diretrizes como alimentos que devem ser consumidos com frequência para sua saúde, não são tão consumidos assim. A não ser os orgânicos que viraram negócio e por isso, também, muito mais caros.
Orgânico você planta no seu quintal. Você mesmo pode produzir. Você pode inclusive incentivar e comprar de pequenos produtores num valor mais baixo.
Mas, suas escolhas, infelizmente, giram em torno do comércio.
Minha sugestão é que você pense mais. Procure entender mais. Não seja apenas um consumidor, mas um consumidor consciente.
Nós não cobramos os nossos direitos pelo simples fato de nem conhecê-los.
Não seja influenciado. Seja consciente. E coma melhor com escolhas melhores.

Uma vida saudável começa pela alimentação!
Consulte sempre um nutricionista!

Última Edição