SIGA A LEI

Publicado em 23/02/2019 00:02

Eu sei que você ama uma novidade. Um remédio novo, um produtinho milagroso ou uma dieta que agora promete ser a revolução.
Mas, volte para o básico: siga a lei.
Sim, sim, existem Leis Alimentares que devem ser seguidas para uma alimentação adequada e capaz de te proporcionar bem estar, boa forma, saúde e qualidade de vida.
Há mais de 70 anos Pedro Escudero criou as Leis da Alimentação.
Elas expressam, de uma maneira simples, como deve ser a base de uma alimentação saudável.
São quatro as Leis da Alimentação: QUANTIDADE : é necessário ingerir, numa quantidade específica para cada pessoa, o valor ideal de carboidratos, proteínas, lipídios, vitaminas e minerais de acordo com sua idade, sexo, estilo de vida, estado fisiológico, entre outros. QUALIDADE: a alimentação deve ser completa em sua composição e fornecer ao organismo todos os nutrientes que ele necessita. As refeições devem ser variadas, oferecendo todos os grupos de nutrientes para o bom funcionamento do corpo.
HARMONIA: é preciso ter um equilíbrio entre os todos os nutrientes que necessitamos. Não é porque um nutriente é bom que devemos consumi-lo em grande quantidade. É necessário uma relação de equilíbrio na composição da alimentação de modo a evitar os excessos ou deficiências de nutrientes. ADEQUAÇÃO: a alimentação deve ser adequada às necessidades de cada organismo, respeitando as características de cada indivíduo. Ou seja: individualidade. A SUA alimentação é exclusiva para você e suas necessidades.
Portanto, chega de moda, chega de seguir tantas informações desencontradas. O que é qualidade e harmonia para mim pode não ser para você.
Siga as leis. As suas. As que servem para você.
Esse é o caminho, sem volta, do SUCESSO.

Uma vida saudável começa pela alimentação!
Consulte sempre um nutricionista!

Última Edição