Casos do novo coronavírus continuam aumentando vertiginosamente na região

Publicado em 27/06/2020 00:06

Por Lelo Sampaio e Silva

A velocidade com que a pandemia de coronavírus está se espalhando no interior de São Paulo está preocupando secretários municipais da saúde, isso porque a propagação do coronavírus está crescendo quatro vezes mais rapidamente nas cidades do interior e do litoral do que na Grande São Paulo.
Outro fator preocupante é que grande parte dos municípios com menos de 10 mil habitantes não têm leitos hospitalares.
Na edição passada, O Jornal noticiou que até o dia 18 Santa Fé do Sul tinha 37 casos positivos para a Covid-19, nove pessoas em isolamento domiciliar, duas em isolamento hospitalar e nenhum óbito. Já na última terça-feira (23), a cidade notificou o primeiro óbito. Trata-se de um homem de 63 anos que falecera no último sábado (20) e que a Secretaria Municipal de Saúde aguardava o resultado do exame. Ele tinha outras comorbidades.
Na quarta-feira da semana passada (17), Santa Fé do Sul possuía 37 confirmados para a Covid-19, nove pessoas estavam em isolamento domiciliar, duas em hospitalar e nenhum óbito. Entretanto, na terça-feira (23), o município já contabilizava 52 casos do novo coronavírus, com 17 pessoas em isolamento domiciliar, cinco em isolamento hospitalar e um óbito, um senhor de 63 anos.
Urânia
O município de Urânia, que na quarta-feira da semana passada (17) tinha 41 casos confirmados, passou a ter 53 até a última quarta-feira (24). Em isolamento domiciliar eram 22 pessoas e continuava com cinco óbitos.
Jales
Em Jales, segundo o Boletim Epidemiológico do município, na quarta-feira da semana passada (17) a cidade tinha 115 casos positivos, 45 pessoas em isolamento domiciliar, quatro pessoas internadas na Unidade de Síndrome Gripal, nenhuma pessoa na Unidade de Terapia Intensiva e um óbito.
Já segundo o boletim da última quarta-feira (24), eram 159 casos positivos para o novo coronavírus, 74 pessoas em isolamento domiciliar, quatro pessoas internadas na Unidade de Síndrome Gripal, uma na UTI e um óbito.
Na última segunda-feira (22) o transporte coletivo voltou a funcionar em Jales. O serviço estava suspenso na cidade desde o mês de maio devido à pandemia. Entretanto, os ônibus voltaram a circular com algumas regras como, por exemplo, o uso obrigatório de máscaras e a empresa responsável pelo transporte público da cidade está disponibilizando também álcool para os passageiros.
Além disso, a empresa determinou o isolamento de alguns assentos dentro dos ônibus para que os passageiros mantenham o distanciamento e a Vigilância Sanitária de Jales ainda realizou treinamento com os motoristas para higienização dos veículos.
Estrela D’Oeste
Segundo o Boletim epidemiológico do município divulgado na quarta-feira da semana passada (17), a cidade tinha 63 casos confirmados para o novo coronavírus, nove pessoas estavam em monitoramento domiciliar, cinco pacientes internados e três óbitos.
Na última terça-feira (23) a cidade já contabilizava 102 casos confirmados para o novo coronavírus e havia quatro óbitos.
Fernandópolis
Conforme o Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde de Fernandópolis divulgado na quarta-feira da semana passada (17), a cidade tinha 261 casos positivos e três óbitos. Já de acordo com o boletim da última quarta-feira (24), a cidade possuía 375 casos positivos de Covid-19 e três mortes.
Votuporanga
Segundo o Informe do Coronavírus do município divulgado também na quarta-feira da semana passada (17), eram 228 casos confirmados para o novo coronavírus, 130 pessoas em monitoramento domiciliar, nove óbitos confirmados e dois óbitos suspeitos.
Já na última quarta-feira (24), a cidade possuía 354 casos confirmados, 716 pessoas em monitoramento domiciliar, 10 óbitos confirmados e um suspeito.
São José do Rio Preto
Em conformidade com o Boletim Epidemiológico da quinta-feira da semana passada, Rio Preto tinha 1.544 casos confirmados de Covid-19, 102 pessoas internadas em enfermaria, 62 duas pessoas em UTIs e 47 mortes.
Entretanto, de acordo com o boletim do município divulgado na última quarta-feira (24), o município contabilizava 1.996 casos confirmados para a o novo coranavírus, 112 pacientes na enfermaria, 91 pessoas na UTI e 60 mortes.
No Hospital de Base de Rio Preto, até a última quarta-feira (24), havia 45% de ocupação das UTIs e na enfermaria, 25% de ocupação. Na Santa Casa de Misericórdia a UTI estava com 75% de ocupação e 98% na a enfermaria.
Vale lembrar que a Santa Casa atente somente os moradores de São José do Rio Preto, enquanto que o Hospital de Base atende mais de 100 cidades da Diretoria Regional de Saúde São José do Rio Preto.

Última Edição