Esquema de segurança para show do Raça Negra terá cerca de 140 policiais militares e guardas civis

Publicado em 13/11/2021 00:11

Da Redação

O 4º Batalhão da Polícia Militar de Santa Fé do Sul e a Guarda Civil Municipal estão preparando um grande esquema de segurança para hoje, durante a abertura do Sonho de Natal, que terá como atração principal o grandioso show com o grupo Raça Negra.
A expectativa é que cerca de 12 mil pessoas prestigiem o evento e, para garantir a segurança e o bem estar de todos os presentes, a força tarefa contará com a presença de 120 policias militares e aproximadamente 20 guardas civis. Dentre os policiais militares estarão envolvidos a Cavalaria, Canil, dois pelotões de policiais militares que estão se preparando para a formação, o Águia, além de cerca de 12 viaturas do Batalhão de Ações Especiais (Baep) da Polícia Militar, batalhão esse que patrulhará Santa Fé do Sul, como também os municípios que compõem nossa Comarca.
Além da interdição de ruas durante o período do Sonho de Natal, excepcionalmente hoje haverá um cercado feito por gradis, delimitando um espaço para os que irão acessar o palco durante a abertura do evento e em seguida prestigiar o show com o grupo de pagode.
Segundo o comandante da Guarda Civil Municipal, Flavio Rodrigues, em reunião entre administração pública, GCM e o capitão da Polícia Militar, Ricardo Alves, ficaram estabelecidas seis entradas principais. “Nas ruas interditadas com placas de trânsito, as pessoas podem circular a pé, já os gradis darão acesso ao local do evento, para entrar, os visitantes e munícipes terão que passar pelas entradas, onde serão feitas a revista”, disse Rodrigues.
Por exigência da Polícia Militar, dentro dos gradis não será permitida a entrada de barracas, cadeiras, garrafas de vidros, caixas térmicas, cooler, canetas, objetos pontiagudos, tudo que possa levar risco à vida dos expectadores do evento.
Confira os locais de entrada
Avenida Navarro de Andrade, esquina com a rua 9; Avenida Navarro de Andrade, esquina com a rua 5; Avenida Conselheiro Antônio Prado, esquina com a rua 16; Avenida Conselheiro Antônio Prado, esquina com a rua 12; rua 7, esquina com a rua 16; rua 14, esquina com a rua 9.
Reunião com comerciantes
No dia 29 de outubro, o comandante Rodrigues, da GCM, e o capitão da PM, Ricardo Alves, se reuniram com os comerciantes que possuem estabelecimentos dentro da área delimitada pelos gradis, para ouvi-los em relação às dúvidas, porém todos foram de acordo. “Os comerciantes estão de acordo com as propostas e interdições. Ficou definido que no dia 13, a partir das 14h, todo o perímetro será interditado, claro que abriremos acesso para os moradores desses setores e comerciantes que estarão se organizando para o evento”, disse Rodrigues.
Campanha ‘Nosso cuidado com você!’
Para deixar a noite de sábado ainda mais segura, o Governo Municipal lança a campanha “Nosso cuidado com você!”, com dicas simples, porém de grande valia para evitar percas, ou até pequenos furtos durante o show.
É recomendado que, no caso de mulheres, não se leve bolsas grandes, cheias de pertences. Caso queiram levar bolsa, que a mesma seja pequena e que esteja o mais próximo do corpo. Importante levar o que realmente irá utilizar e pelo menos um documento de identificação.
Segundo o comandante da GCM, Flavio Rodrigues, os aparelhos celulares devem ser guardados de preferência em bolsos da parte da frente das roupas, já que costumam ser facilmente furtados quando estão nos bolsos detrás das calças. “Sabemos que existem quadrilhas especializadas nesse tipo de furto, então é bom ter prudência. Por se tratar de uma área fechada, se no final do evento forem registradas ocorrências de furto, os gradis irão permanecer fechados, e pessoas em situações suspeitas serão revistadas. Caso estejam com dois ou mais aparelhos, os mesmos terão que se explicar e desbloquear na frente dos policiais e guardas”, afirmou.
A Polícia Militar estará com uma Base Móvel na Praça da Matriz, defronte a porta principal da igreja, onde as ocorrências ou denúncias poderão ser registradas.

Última Edição