Frigorífico distribui pelo menos três mil fichas de solicitação de emprego

Publicado em 9/06/2018 00:06

Por Bárbara Scholl

Na manhã da última quinta-feira, dia 7, a partir das 10:00 horas, a empresa iraniana Golden, atual proprietária da planta do então frigorífico da JBS de Santa Fé do Sul, distribuiu as fichas de solicitação de emprego para a seleção e recrutamento de pessoas que queiram trabalhar na empresa.
Os candidatos puderam retirar as fichas na portaria da empresa, anteontem e ontem, e deverão entregá-las preenchidas corretamente de acordo com as instruções, hoje, dia 9, das 8:00 às 14:00 horas, no mesmo local.
De acordo com informações, a empresa prevê inicialmente de contratar 400 funcionários.
Em entrevista a O Jornal, a santafessulense Nadila Vieira, que é moradora do bairro Eldorado, contou que foi a primeira a chegar na fila, às 7:00 horas, para pegar a ficha de inscrição.
Nadila relatou que está desempregada há seis meses, é casada e no momento está vivendo com a renda de seu marido que trabalha em uma empresa de comunicação.
Segundo ela, com a reabertura do frigorífico haverá muitos benefícios, pois existem muitas pessoas desempregadas no município. “Não vai dar emprego só para mim, mas sim para muitas pessoas que estão precisando. Fiquei extremamente impressionada com o tamanho da fila que se formou”, falou.
A última empresa em que Nadila trabalhou foi a Indústria e Comércio de Molas de Santa Fé, e no momento está disposta a trabalhar em qualquer cargo ou horário que o frigorífico oferecer, pois não tem filho.
Em entrevista a O Jornal, o prefeito de Santa Fé do Sul, Ademir Maschio, afirmou estar muito satisfeito com a conquista, haja vista que com o fechamento da planta da JBS em fevereiro do ano passado seiscentas pessoas perderam o emprego. “Isso causou um transtorno muito grande, não só no município, mas principalmente para todas essas famílias que ficaram muito desesperadas com a situação”, ressaltou.
Afirmou o prefeito que durante todo esse tempo, embora muitos não acreditassem mais na volta do frigorífico para Santa Fé, sua luta foi intensa e diária. “Devemos muito ao apoio que recebemos dos deputados Carlão Pignatari, Itamar Borges e Fausto Pinato, bem como do presidente da Associação Comercial, Norio Kobayashi que, junto comigo, lutou incansavelmente em prol da causa”, disse o prefeito.
“Todas as semanas, em São Paulo, busquei informações e lutei para que hoje pudéssemos ter o frigorífico de volta à cidade. Acredito que cabe ao administrador buscar recursos para a infraestrutura da cidade, com o recape de ruas, construção de creches, fazer a Ficcap de portões abertos, o Sonho de Natal, mas penso que nada disso tem valia se o cidadão não tem o mínimo de dignidade possível, e a volta do frigorífico representa um alívio para muitas pessoas. Digo que sinto como se tivesse cumprido o meu dever, embora saiba que tenho muito ainda a fazer, e farei pelo município”, destacou Ademir Maschio.
Machio explicou que o iraniano, gerente da Golden, já esta na cidade. “Conversei com ele anteontem e fiquei sabendo que já contrataram os funcionários chave, que eram as pessoas das obras, as pessoas do RH, eles estão trazendo essas pessoas que trabalharam aqui no frigorífico, e muitas outras serão brevemente contratadas, e isso para mim é motivo de muita satisfação”, concluiu o prefeito de Santa Fé, Ademir Maschio.

Última Edição