Maioria das academias de Santa Fé já estava funcionando antes do decreto federal

Publicado em 16/05/2020 00:05

Por Bárbara Scholl

Foi publicado no Diário Oficial da União, em edição extra na última segunda-feira (11), o decreto n° 10.344, que inclui nova lista de permissões, entre as quais, academias, salões de beleza, cabeleireiros e barbearias, observando as recomendações do Ministério da Saúde.
Em Santa Fé do Sul, a maioria das academias voltou a funcionar em horário normal, mas com algumas restrições, como a higienização dos equipamentos após o uso de cada aluno e a disponibilização do álcool gel. Além disso, os alunos têm que treinar com máscara e precisam ficar distantes uns dos outros para que não haja aglomeração.
Com relação aos salões de beleza, grande parte deles está atendendo um cliente por vez, com horário marcado, e todos precisam usar máscaras, e as cabelereiras também tentam manter o máximo de distância possível do cliente. É disponibilizado álcool gel e ao fim de cada atendimento os equipamentos são esterilizados.
Nas barbearias, a maior parte está atendendo também um cliente de cada vez e com horário marcado, sendo que eles têm que estar usando máscaras. Nesses locais são também disponibilizados álcool gel e ao fim de cada atendimento, os equipamentos são esterilizados.
Entretanto, mesmo antes do decreto n° 10.344, muitas academias de ginástica já estavam funcionando em Santa Fé do Sul. Segundo E.C.F., que preferiu não ter seu nome destacado, a academia em que frequenta está funcionando desde o dia 22 de abril.
E.C.F afirmou que os treinos eram supervisionado pelo treinador, porém ele tinha que manter uma distância de um metro por pessoa. Já quanto ao uso dos aparelhos, ela disse que “os aparelhos eram higienizados após o uso de cada aluno”, salientou.
Ela disse que para treinar era obrigatório ao aluno e ao treinador o uso de máscara e o uso de luvas ficava a critério de cada um, e a academia disponibilizava o álcool gel em cima dos balcões e na pia do banheiro.
E.C.F falou que, mesmo com medo, voltou a treinar, mas toma os devidos cuidados. “Lavo sempre as mãos cada vez que saio de um aparelho e mantenho distância das outras pessoas. Além disso, ao ver que os aparelhos estão sendo higienizados após o uso de cada pessoa, fico menos preocupada”, finalizou.
Já segundo B.S.A., que também pediu para não ter o seu nome divulgado, a academia que frequenta voltou a funcionar no dia 27 de abril, e são poucas as pessoas que estão treinando. “As pessoas estão com medo de voltar a treinar, então são poucas as pessoas que estão frequentando o local”, destacou.
Ela relatou que para treinar é obrigatório que o aluno e o personal trainer estejam de máscara e que mantenham certa distância um do outro.
B.S.A. disse que após usar o aparelho é obrigatório que o aluno higienize o aparelho e, caso ele o faça, o personal trainer o faz para que outra pessoa possa usá-lo.
Ela disse que o espaço disponibiliza o álcool gel, que fica em cima dos balcões e na pia do banheiro, e, além disso, também a academia vende máscaras de pano em valor simbólico.
B.S. A. enfatizou que como não consegue ficar sem ir à academia, voltou a treinar, mas mudou de horário para que possa treinar praticamente sozinha, bem como está tomando todos os cuidados possíveis.
O prefeito da Estância Turística de Santa Fé do Sul, Ademir Maschio, em entrevista à reportagem de O Jornal, explicou que desde o início da pandemia a cidade possui o Comitê de Gerenciamento da Covide-19, que semanalmente discute quais a medidas a serem tomadas, sempre pensando na saúde da população e na economia, haja vista que, na medida do possível, o governo municipal tem flexibilizado a abertura do comércio para minimizar o efeito desastroso do fechamento de diversos estabelecimentos comerciais e demissões em massa.
Segundo Maschio, a Saúde do município vem fazendo um grande trabalho, inclusive realizando treinamentos para os comerciantes em geral e também especificamente para os proprietários de barbearias, salões de beleza e de academias. “Seguiremos o decreto federal para que possamos dar oportunidade a essas pessoas, com responsabilidade e seguindo todas as recomendações da OMS, com distanciamento, uso de máscara e de álcool gel, para que possamos retomar gradativamente, com cautela, as atividades”, destacou o prefeito.
Ainda de acordo com ele, Santa Fé do Sul é uma cidade diferenciada neste sentido, e salientou que até a última segunda-feira alguns casos suspeitos foram negativados e, dos casos positivos, todos foram curados, ou seja, o município não possui pacientes hospitalizados em decorrência do novo coronavírus.

Última Edição