Médicos da Santa Casa terão reunião com o prefeito para evitar a paralização de seus serviços

Publicado em 4/11/2017 00:11

Por Vinicius Costa

Na noite da última terça-feira, dia 31 de outubro, alguns médicos plantonistas Santa Casa de Misericórdia de Santa Fé do Sul se reuniram para discutir sobre os honorários que estão em atrasos desde o mês de setembro.
Em entrevista a O Jornal, o diretor técnico da entidade, Luis Cesar Rodrigues, afirmou que não esteve na reunião, pois estava em viagem, mas que em uma conversa com seus colegas os mesmos informaram que marcaram uma reunião com o prefeito Ademir Maschio na manhã da próxima segunda-feira, dia 6, para discutir sobre as verbas repassadas à Santa Casa.
“Não estou por dentro do assunto, pois estava de viagem, mas pelo que se sabe esses honorários atrasados são dos plantões a distância e produtividade, e a meu ver quem deve se responsabilizar por eles é a Prefeitura, e, mesmo que a Administração Municipal destine os R$ 180 mil para a entidade, este valor não paga um terço desses honorários atrasados”, disse Luis Cesar.
Ele ainda comentou que toda a equipe médica da Santa Casa, mesmo com os atrasos, está trabalhando normalmente. “A entidade necessita de mais repasses para que este tipo de situação não vire uma bola de neve e os médicos não paralisem os seus trabalhos, que são de suma importância para a cidade e região. Sobre a reunião na próxima segunda-feira, acredito que todos irão discutir sobre as melhores formas de beneficiar a entidade, lutando juntos para que ela não feche suas portas”, afirmou o diretor técnico Luiz Cesar Rodrigues.

Última Edição

primeira

primeira