O dom de ser pai e ‘mãe’ ao mesmo tempo

Publicado em 10/08/2019 00:08

Por Bárbara Scholl

Pais podem ser muito mais que figuras paternas. A figura paterna pode muito bem desenvolver o papel das mães também, e como amanhã é Dia dos Pais, a reportagem de O Jornal entrevistou Alex Marques da Silva, produtor executivo do cantor sertanejo Luan Kastelan, que é pai da Isadora Batista Marques, de dois anos, que cumpre a função de pai e mãe ao mesmo tempo, além de trabalhar.
Alex contou que é viúvo há dois anos e oito meses, e que para ele desde então não houve nenhum desafio em ser pai e mãe e ter que trabalhar. “Quando a mãe da Isadora faleceu, eu me vi desamparado, mas tive que dar andamento na vida, com muita luta e dedicação. Não senti que houve desafio, pois fiz tudo que pude e estou seguindo até hoje com muito amor”, destacou.
O produtor executivo afirmou que nunca teve medo de ter que cuidar de sua filha sozinho, apenas teve mais coragem para seguir com a vida.
Ele relatou que quando perdeu sua mulher, muitas pessoas da família e também da família dela lhe disseram que ele era “louco” por cuidar de uma menina recém-nascida, e até falaram para que ele a deixasse com os avós. “A resposta que eu dei foi que a criança era minha filha e então era responsabilidade minha”, pontuou.
O produtor contou que no começou não teve apoio de ninguém, mas que hoje é grato a diretora da Escola Municipal ‘Flammarion Correia’, Oneide Teixeira, às professoras, aos membros da família Contiero e Kastelan, que estão sempre dando carinho e apoio para ele e sua filha.
Alex destacou que “filhos são a herança que Deus deixa para nós, então decidir cuidar da Isadora sozinho, e estamos até hoje só eu e ela. Eu aprendo muito com ela todos os dias”, enfatizou.
Ao ser questionado se Isadora sente falta da mãe, o pai comentou que a filha ainda não tem muita noção sobre este sentimento devido a sua idade, então ela ainda não sente muita falta, mas eu converso muito com ela sobre a mãe.
“Na homenagem do Dia das Mães deste ano na escola, fiquei com medo dela chorar pela falta da mãe, mas ela fez a homenagem, agiu naturalmente e no fim veio me abraçar, tudo de forma normal para ela”, contou.
O pai enfatizou que ser pai para ele é a realização de tudo, e hoje vê que tudo o que ele fez está valendo a pena. “Eu faria dez vezes tudo o que eu fiz, se fosse preciso”, destacou.
Alex ressaltou que “ser pai é uma dádiva de Deus e quando Ele nós presenteia com um filho, temos que ter muita responsabilidade e saber que a criança dependerá de nós por muito tempo, então temos que ter muito amor com eles, pois as crianças merecem muito carinho, amor e só assim conseguiremos formar pessoas boas. Enfim, você que é pai, curta, pois é magnifico. Feliz Dia dos Pais a todos”, finalizou.

Última Edição