População está descartando máscaras à revelia em vias públicas

Publicado em 27/06/2020 00:06

Por Bárbara Scholl

Após a obrigatoriedade do uso de máscaras para evitar a proliferação do novo coronavírus na da Estância Turística de Santa Fé do Sul, as máscaras se tornaram itens indispensáveis para a população.
No entanto, junto com o aumento da adesão aos materiais de proteção, também cresceram o descarte irregular em vias públicas.
Para sabermos como está sendo a coleta desses materiais de proteção que estão sendo descartados nas vias públicas, a reportagem de O Jornal entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde e com o Setor de Limpeza da Prefeitura.
De acordo com eles, a orientação passada aos garis que encontram máscaras nas vias públicas é de recolhê-las e descartá-las numa sacola plástica bem amarrada, e depois colocá-la dentro de outra sacola e só então depositá-la no saco de lixo.
Eles destacaram que os garis do município sempre trabalharam com luvas e agora também com máscaras.
A Secretaria Municipal de Saúde e o Setor de Limpeza ressaltaram que todos os materiais contaminados da UPA, Santa Casa e todas as Estratégias de Saúde da Família são coletados por uma empresa terceirizada, contratada pela Secretaria Municipal de Saúde, que dá o destino adequado ao lixo.
Já sobre as máscaras descartadas nas residências em lixo comum, as mesmas devem ser colocadas em sacolinhas plásticas bem amarradas. Após o recolhimento feito pelos coletores de lixo, elas são descartadas no aterro sanitário do município.
Eles informaram que é inviável o controle do descarte dessas máscaras, afinal muitas delas são descartadas diariamente nas ruas do município.
A Secretaria Municipal de Saúde e o Setor de Limpeza destacaram que a população precisa ter mais responsabilidade no descarte do lixo para que se diminua o risco de contágio da Covid-19.
Eles ressaltaram que luvas e máscaras descartáveis devem ser colocadas, se possível, em duas sacolas plásticas bem amarradas, antes de serem descartadas em lixo fechado, e descartadas no lixo do banheiro, que também precisa ser colocado em dois saquinhos plásticos, pois é considerado lixo comum que naturalmente não atrai o interesse de catadores de recicláveis.

Última Edição