Vendas de passagens de ônibus crescem e aumento da gasolina não impacta nos preços

Publicado em 11/09/2021 00:09

Por Bárbara Scholl

A alta da gasolina vem fazendo diferença para as pessoas que utilizam o carro, principalmente para quem gosta de viajar, mas para quem viaja de ônibus a alta da gasolina não vem impactando nos preços das passagens.
De acordo com o responsável pela agência da Expresso Itamarati, Marcos dos Reis, o preços das passagens de ônibus baixaram, e há dias da semana que há promoções e o preço da passagem de Santa Fé do Sul a São Paulo sai a R$ 55,00.
Devido à pandemia da Covid-19, as vendas de passagens de ônibus caíram bastante e, como estímulo, todas as empresas baixaram os preços das passagens de ônibus para facilitar para o cliente, além de ser uma forma de atrair mais passageiros.
A Artesp, que é a Agência de Transporte do Estado de São Paulo, fornece uma tabela de preço das passagens, mas dessa tabela a agência Itamarati trabalha com os preços abaixo, e trabalha com o sistema robô de passagens, igual dos aeroportos, e, consequentemente, os preços das passagens são mais baixos de acordo com o dia, horário e se há poucas passagens vendidas para o destino desejado. No geral, os preços das passagens da agência Itamarati baixaram cerca de 25%.
Em entrevista a O Jornal, Reis disse que as vendas de passagens aumentaram em relação ao mesmo período do ano passado. “As vendas de passagens cresceram de 30 a 35% em relação ao mesmo período do ano passado”.
Os destinos mais procurados são Americana, Campinas, São Paulo, São José do Rio Preto, Cuiabá, Porto Velho, Sorriso e Sinop.
Com o avanço da vacinação, Reis espera que as vendas de passagens continuem crescendo. “Voltar às vendas como era antes da pandemia, acredito que será difícil, mas creio que elas vão melhorar um pouco”.
Há cerca de 20 dias que a Itamarati está vendendo passagens com saída de São Paulo e passando em Santa Fé do Sul, parando em Cuiabá e seguindo para Lucas do Rio Verde, Nova Maringá, Sorriso, Feliz Natal, Nova Santa Helena, Alta Floresta, Juara, Juína, Tamapurã e Colider.
“Tivemos um aumento nas vendas de passagens até significante do que estávamos vivendo no ano passado e espero que as vendas continuem, pois o preço da gasolina não impactou no preço das passagens”, finalizou Reis.
Para que os passageiros possam viajar com mais segurança, a agência Itamarati vem tomando várias medidas de prevenção, como, por exemplo, a disponibilização de álcool gel na porta do ônibus; a esterilização dos veículos a cada 72 horas; a colocação de um tapete específico na porta do ônibus para o passageiro higienizar os pés antes de embarcar e é obrigatório que o passageiro use máscara.

Última Edição