Vendaval causa estragos e assusta moradores de Santa Rita D’Oeste

Publicado em 17/10/2020 00:10

Por Lelo Sampaio e Silva

Um forte vendaval, de cerca de dois minutos, ocorrido na sexta-feira da semana passada (9), causou diversos estragos no município de Santa Rita D’Oeste e deixou seus moradores bastante assustados.
Segundo Aleandro Martins, assessor de Comunicação da Prefeitura, a ventania, que aconteceu por volta das 13h40, em pouquíssimo tempo causou um grande estrago, a começar pelo Ipê cor de rosa da Praça da Matriz, que possui um grande valor sentimental para a população.
Entre as estruturas danificadas, foram destelhados parte dos prédios do Paço Municipal, da Escola Municipal Ensino Fundamental “Ariel Biani Seichi” e do espaço de lazer do minicampo, localizado no Recinto de Exposições “Jonas Ferreira da Silva”, e também houve avarias no prédio da Rodoviária, no Estádio Municipal e no prédio do Centro de Referência de Assistência Social (Cras).
Além dos prédios públicos, várias casas também tiveram seus telhados danificados.
Imediatamente após a ventania, uma equipe da prefeitura saiu para detectar os danos causados na cidade, se prontificando a prestar auxílio a todos.
Mesmo sendo feriado prolongado, no sábado (10), já foi formado um mutirão de funcionários empenhados na limpeza e organização das ruas e praças da cidade e a Administração Municipal passou a semana trabalhando para que tudo voltasse ao normal o mais rápido possível.
Região
Em Fernandópolis e Jales choveu granizo por alguns minutos, mas o suficiente para assustar os moradores. Em São José do Rio Preto também foi registrada chuva. O aeroporto do município mediu rajadas de vento de 53 quilômetros por hora.
Em outras cidades, como Mirassol, Catanduva e Tabapuã, também choveu.
Vale lembrar que em meados de setembro de 1997, houve um vendaval na mesma proporção que este em Santa Rita D’Oeste.

Última Edição