Em tempos de restrição social, como vai a educação paulista

Publicado em 4/04/2020 00:04

Desde a suspensão das aulas, uma nova forma de ensinar vem invadindo a área educacional brasileira: a educação à distância. Novas plataformas e aplicativos vêm fazendo parte da rotina de professores e de alunos. Muitos professores estão auxiliando os alunos no desenvolvimento das atividades através do watsapp e alguns enviando videoaulas para que a aprendizagem continue acontecendo.
Os professores das escolas públicas estaduais encontram-se em recesso e a partir da próxima segunda-feira, dia 06/04, entrarão em férias, que se encerram no dia 21/04.
Estão abertas inscrições para os cursos profissionalizantes gratuitos e à distância aos estudantes de Ensino Médio das escolas estaduais: o NovotecVirtual. Os cursos disponíveis são: banco de dados, gestão administrativa, lógica de programação e planejamento empresarial.
O processo para a realização do ENEM 2020 continua em andamento. O período para a solicitação de isenção de taxa vai de 06 a 17/04 e as inscrições, de 11 a 25/05.
Uma grande preocupação com a suspensão das aulas presenciais é a falta de alimentação aos estudantes com baixa renda familiar. O Decreto n. 64.891 de 30/03/2020 estabelece o auxílio alimentação no valor de R$ 55,00 aos alunos que recebem o bolsa família. Alguns municípios estão distribuindo cestas básicas para as famílias dos alunos mais carentes.
Outra discussão que vem sendo feita nesse momento de isolamento social é a discussão sobre o novo currículo paulista do Ensino Médio.
O ano passado foi homologado o currículo para Educação Infantil e Ensino Fundamental, agora, através de videoconferências e questionários, a elaboração do currículo para o Ensino Médio vem acontecendo com a participação de todos da rede.
Entre as inovações para o Ensino Médio estão o projeto de vida como estratégia de reflexão da trajetória escolar nas dimensões social, cidadã e profissional; o protagonismo como prática social; a tecnologia nas diferentes áreas de conhecimento; formação para a vida; e educação profissional.
O MEC está disponibilizando cursos gratuitos para os professores sobre a Base Nacional Comum Curricular nas áreas de linguagem, ciências humanas, ciências da natureza e matemática.
Como podemos observar, além dos cuidados para a prevenção do contágio do COVID-19 e de novas formas de viver e conviver que está sendo impostas às famílias em todo o mundo, há uma preocupação na continuidade de aprendizagem e na elaboração de documentos que serão colocados em prática quando esse período de isolamento social passar.

Última Edição