A inveja é algo que volta para nós mesmos

Publicado em 14/03/2020 00:03

Você já ficou com vergonha ou receio de fazer algo inovador ou de dar a cara a tapa, pois a sociedade que você integra é aquela que fica de olho para ver onde você irá errar e, assim, se aproveitar da situação?
Às vezes, não é necessário nem sequer errar! As pessoas tentam prejudicar-nos simplesmente por conseguirmos criar destaque para o que fazemos simplesmente por ser bem feito.
Quem nunca sofreu com um ser humano invejoso no pé? Mas é necessário não se abalar e continuar a fazer a mudança social que é necessária. Se ficassem fazendo seu serviço, ou cuidando da própria vida e dos afazeres, talvez a vida da pessoa invejosa melhorasse e, assim, a sua sociedade também.
Invés de unirmo-nos à modificação das injustiças da sociedade, por vezes tramam contra o colega simplesmente por ele se destacar como tal pessoa gostaria de estar se destacando.
Tentam mascarar tal inveja com, por exemplo, “verificação da conduta para ver se é ética”, com processos administrativos e assim vai, simplesmente com o intuito de não deixar ninguém se sobressair por suas qualidades individuais.
Karnal já dizia: só se ofende quem não se conhece! Se dizem algo sobre você, e você é: não tem motivo pra se ofender. Se dizem que você não é algo, e você sabe que não é: não tem motivo para se ofender.
Que continuemos a lutar contra qualquer sinal de injustiça e de trama feita partindo da inveja. Cada um tem a sua forma de brilhar e, sinceramente, deixa a vida do outro em paz. Vá cuidar da sua própria vida infeliz, pois gente feliz não tem inveja e não tenta puxar tapete de ninguém!
Já dizia minha avó que aqui se faz, aqui se paga

Última Edição