Precisa-se

Publicado em 28/04/2018 00:04

A crise no mercado de trabalho tem levado a um aumento grande da informalidade.
No Brasil, no trimestre entre dezembro 2017 e fevereiro de 2018 a taxa de desempregados atingiu 12,6 % da população; são 34,2 milhões de pessoas sem um emprego formal, sem registro em carteira.
Tem muita gente que para se recolocar no mercado, aceita ou aceitaria facilmente um salário inferior ao do último emprego.
A coisa tá tão feia que tem desempregado que o dia que conseguir um emprego novo vai ficar nele o resto da vida… só por gratidão.
No passado, ter uma tatuagem representava pequena chance de conseguir um emprego, hoje ninguém mais consegue um emprego, com ou sem tatuagem. Vale mais um gosto, afinal a vida passa tão rapidamente quanto a hora do almoço no trabalho.
Na minha última entrevista de emprego tudo foi muito bem… O homem disse que precisavam de alguém responsável, e me perguntou se eu era responsável.
Com certeza! Respondi… Nos outros lugares que trabalhei, sempre que dava uma merda eu era o responsável.
Tô só esperando me chamarem.
O lado bom de ficar desempregado é que todo dia é dia de folga, e o que mais me motiva a trabalhar é saber que um dia vou me aposentar.

Última Edição