Que tempo foi esse?

Publicado em 24/02/2018 00:02

O ser humano sempre se ocupou e se pré ocupou com o tempo.
Tempo é dinheiro, é ciclo de vida, de natureza que a tudo vai modificando.
Umas coisas vão ficando melhor a medida da que o tempo passa, outras vão ficando pior…
Tempo também é prejuízo.
No mundo todo, todas as culturas são marcadas pelo tempo.
Criaram relógios, aparelhos para marcar o tempo cronológico.
Não satisfeito, o homem dos dias atuais decidiu mexer com o tempo; avançar, recuar…tudo para atender interesses econômicos, e, de tabela, nos provocar uma enorme confusão e cansaço.
Só não conseguimos ainda controlar os atrasos.
O que teve de atraso esta semana devido ao termino do famoso e famigerado horário de verão não está escrito no gibi.
Ficou bem marcado nos relógios e livros de ponto.
Conheço gente que passou o horário de verão inteiro pensando que horas seria se fosse o horário normal, agora que já voltou o normal seguem calculando que horas seria se fosse no horário de verão.
No último domingo, assim que acordei fui até o relógio da sala de casa e atrasei uma hora.
Minha mãe, despercebida, atrasou mais uma hora.
Meu irmão acordou meio zonzo e atrasou mais uma.
Uma prima que está em casa… e isso faz tempo, desde antes do Carnaval, como ela é muito prestativa… atrasou mais uma hora o relogio, e, assim seguiu o dia…
Resultado?
Estou em pleno Natal, perdido no tempo, à espera de alguém que tire meu atraso ou me chame de horário de verão e venha perder uma hora comigo.

Última Edição