Cérebro de idosos é mais lento porque eles sabem mais

Publicado em 9/02/2019 00:02

O conteúdo acumulado no cérebro do idoso ao longo do tempo leva processamento de informações a ficar mais lento, assim como um computador com o disco rígido cheio. O seu cérebro parece desacelerar com a idade porque eles têm muita informação para computar, algo parecido com a memória de um smartphone. Alguns cientistas discordam que isto ocorreria por um declínio cognitivo, como costuma-se dizer.
Cientistas alemães descobriram que o cérebro humano funciona mais devagar na terceira idade apenas porque ele armazena mais informação ao longo do tempo. O cérebro dos mais velhos não fica mais fraco. Pelo contrário, eles simplesmente sabem mais, concluem.
Usando computadores, os pesquisadores modelaram a recuperação da memória de diferentes fases da vida de um adulto, descobrindo que quando o banco de memória dos computadores era menor, o seu desempenho se assemelhava ao de um jovem adulto. Já quando o computador foi programado para recordar informações a partir de um banco de dados maior, ele pareceu com o de um adulto mais velho. Geralmente ele ficava mais lento, mas não porque a sua capacidade de processamento tinha piorado. Ou seja, o aumento da “experiência” tinha levado o banco de dados também a crescer, necessitando de mais tempo para processar a informação.
Imagine alguém que sabe o aniversário de duas pessoas e pode lembrá-los perfeitamente. Você diria que esta pessoa tem uma memória melhor do que aquela que sabe dois mil aniversários, mas consegue corresponder a pessoa certa ao aniversário em nove de dez vezes?
Ao calibrar os modelos de computador para trabalhar com conjuntos de dados linguísticos, a pesquisa mostrou que os testes de recuperação de memória não levam em conta a diferença da quantidade de vocabulário entre pessoas mais jovens e mais velhas.
Um teste cognitivo chamado de “aprendizagem emparelhado associado” convida pessoas a lembrar um grupo de palavras que não estão relacionadas, como ‘gravata’ e ‘biscoito’. Estudos têm demonstrado que os jovens são melhores neste teste, mas os cientistas acreditam que idosos têm mais dificuldade de lembrar grupos sem sentido por outro motivo:Isto simplesmente demonstra que a compreensão da linguagem pelos idosos é muito maior. Eles precisam fazer mais esforço para lembrar palavras sem relação porque, ao contrário de jovens, eles sabem muito mais sobre as palavras, concluiu o estudo.
Será que existe alguém que queira deletar a memória do seu cérebro só para ser jovem?

Última Edição