Dosagem de beta-hCG em homens

Publicado em 11/07/2020 00:07

Laboratório

Nossa primeira reação é achar que isso é um erro, pois esse é um exame muito solicitado para mulheres, tanto para diagnóstico de gravidez ou controle de mola hidatiforme, por exemplo. Porém, existem determinadas patologias em pessoas do sexo masculino, em que é possível detectar o hormônio gonadotrofina coriônica (hCG)
hCG e gravidez
O hCG possui estrutura molecular e função semelhante ao do hormônio luteinizante (LH). Sua molécula possui duas subunidades, alfa e beta. A subunidade alfa é também parte dos hormônios luteinizante(LH), folículo estimulante (FSH) e hormoônio estimulante da tireóide (TSH), sendo assim, os testes que detectam apenas a subunidade beta do hCG são mais específicos.
Na gravidez, células trofoblásticas da placenta são responsáveis pela secreção de hCG, que impede a ocorrência da menstruação, garantindo que o útero fique nas condições adequadas para o desenvolvimento do embrião.
A secreção desse hormônio pode ser dosada pela primeira vez no sangue 8 a 9 dias após a ovulação, pouco depois da implantação do blastocisto no endométrio.
Tumores de células germinativas (TCG)
Os TCG ocorrem em qualquer idade, tanto em homens quanto em mulheres. TCG malignos são mais frequentes em homens, predominantemente nos testículos. Nesses casos, as células tumorais produzem hCG, também alfa-fetoproteína (AFP) e desidrogenase láctica (DHL). Essas três moléculas servem como marcadores tumorais e são úteis no diagnóstico e monitoramento dos pacientes.
Existem dois tipos principais de TCG: seminomas e não seminomas. Os seminomas se desenvolvem a partir das células germinativas do testículo produtoras de espermatozoides. Existem quatro tipos de TCG não seminomas: Carcinoma Embrionário, Carcinoma de Saco Vitelino, Coriocarcinoma e Teratoma.
A presença de apenas algumas células gigantes no seminoma pode ser o suficiente para que o beta-hCG sérico seja detectado.
Em casos raros, homens com câncer de células germinativas apresentam a região mamária dolorida ou aumentada. Este sintoma ocorre porque certos tipos de TCG secretam altos níveis de beta-hCG, que estimula o desenvolvimento da mama.
Os exames de sangue para dosagem de beta-hCG quantitativo, alfa-fetoproteína e desidrogenase láctica (DHL) estão disponíveis no Laboratório de Análises Clínicas Dr. Edson Eidi Watanabe.

Última Edição