Zé Guimarães

Publicado em 22/08/2020 00:08

O nosso herói de hoje, José Ribeiro Guimarães Filho, foi um cidadão apaixonado pelo seu trabalho, pela política e pelo esporte. Homem elegante, romântico e conquistador, espelhado pela sua música preferida, “Número um”, de Mário Lago.
O seu escritório de contabilidade foi um celeiro de grandes profissionais. Segundo um dos seus pupilos, Irineu Curti, seo Zé Guimarães era um patrão rígido em suas determinações, exigia disciplina e tinha uma personalidade forte. Ele tinha orgulho dos funcionários que tiveram os seus primeiros empregos em seu estabelecimento. Muitos passaram no concurso do Banco do Brasil, como Euclides Gabilheri, Pardal, Marina, Osmar Tobal, Paulo César Salvini e outros, além das saudosas Marilza Gianini e Marismênia Guimarães. Teve ainda Pedro Dias Martins, Josué (Boca) Baldissera, Nilson, Pirola e outros, concursados no Banespa. Naquela época, o sonho do jovem era trabalhar no Escritório do seo Zé, caso de José Gaspar Stefanoni que se tornou um grande contabilista.
Na política, o nosso herói ocupou cargo de vereador por cinco legislaturas e foi um edil presente, combativo que participou ativamente no desenvolvimento da cidade. A homenagem ao cidadão Zé Guimarães, que recebeu o seu nome no Conjunto Habitacional, honra a sua disposição de melhorar a vida da população. Certa noite, numa sessão camarária, os edis debatiam um projeto. Zé Guimarães fez uma proposta, Edgar Buosi, ao usar a palavra, disse: – Nobre vereador, com isso, está querendo se proteger de baixo do guarda-chuva dos outros! Nisso, Guimarães retruca: – Fique tranquilo, nobre colega, que de baixo do seu jamais vou ficar porque só tem pano furado…
A sua paixão pelo esporte foi tamanha que, além do incentivo aos times amadores. fundou o Santa Fé F.C. que participou de várias competições oficiais da Federação Paulista de Futebol. Como são paulino da gema, o esquadrão santafessulense tinha as cores do tricolor. Uma das tiradas pitorescas aconteceu quando ele convocou uma reunião de diretoria para discutir a demissão do treinador. Ao abrir a sessão, disse: – Diante dos resultados do time eu quero discutir na reunião de hoje a demissão ou não do técnico, mas já vou avisando, eu sou o presidente, portanto eu que decido – o treinador tá demitido. Está encerrada a reunião. Boa noite. Levantou-se e foi embora.
Mas sem dúvida, a sua maior paixão era a sua rainha Thereza e os três filhos, José Ribeiro Guimarães Neto, Renato Artur Guimarães e Laura Maria Guimarães, além do neto Lucas, de quem se orgulhava pelos seus dons musicais.

Última Edição