APELIDO MARIA. (oração para vovó)

Publicado em 24/03/2018 00:03

Vó! Não deveria existir.
Mas se fosse para existir não, deveria morrer.
Vó! Misturava água com limão e açúcar sem gelo e era melhor que refrigerante.

Vó!
Fritava a pomba do ar e fazia parecer frango a passarinho.
Fazia estilingue.
Fazia emborná.

Vó! Não deveria existir.
Mas se fosse para existir, não deveria morrer.

E minha vó ainda benzia.
Depois descobri que era magia.
Magia de fazer os outros felizes e
De não deixá-los perderem a esperança.
A sua magia era melhor que o benzimento.

Vó só tem um segredo.
Conta histórias de assombração para o neto.
Sem deixá-lo com medo.

Por isso, duas vezes mãe é pouco para Maria.
Três vezes santa.

Hoje sei por que Deus escolheu Maria para ser mãe de Jesus.
É pelo nome.

Maria é o nome de minha avó.

Sua avó pode chamar Delvita ou Elvira;
Laudicena ou Matilde.

Todas queridas.
Na verdade toda avó é mãe de Jesus.
E Nossa Senhora Aparecida vem ao mundo

Muitas vezes.

Branca. Preta. No exterior ou no Brasil.
No sul. Sem destino.
(ou em solo nordestino)
Apelidadas de Maria.
Pra cuidar do menino.
Cuida de mim, vovó!

Última Edição