CARNAVAL E CULTURA POPULAR

Publicado em 9/03/2019 00:03

Minha adolescência em Três Fronteiras foi ouvindo as frases que o tempo perpetuou e daí se tornaram lemas da sabedoria popular.
Dentre muitas as que não esquecem são: ‘Quem não tem cão caça com gato’.
Essa expressão foi modificada pelo tempo; anteriormente era ‘quem não tem cão caça como gato’, significando que, traiçoeiramente, ou de forma astuta ainda, persiste a caça.
‘Devagar com o andor que o santo é de barro’. Em uma palavra essa frase da cultura popular significa, ‘calma’.
‘Quem planta vento, colhe tempestade’. Frase bíblica significando que aquilo que semeia colherá. Simples assim.
‘Mais vale um pássaro na mão do que dois voando’. É melhor ficar com o que é seu e está garantido, do que objetivar as coisas fora de seu alcance.
‘Uma andorinha sozinha não faz verão’. Significando que é preciso somar, aglutinar.
As variações das formações das frases se alteram com o tempo, de acordo com os acontecimentos. Um dos exemplos é a postagem de um vídeo que fez o nosso Presidente nesse carnaval e assim o que ‘era mito, virou mijo’.

Última Edição