De Olho na Câmara – Edição 20/05/17.

Publicado em 20/05/2017 00:05

Semana agitada nos bastidores da política nacional com as novas delações dos sócios-proprietários da empresa JBS, quando foram apresentados gravações e vídeos comprometedores contra o Presidente Temer e outros velhos conhecidos da política nacional.
Em Santa Fé do Sul, muitas pessoas reclamando dos políticos em Brasília e esquecendo de fiscalizar o próprio quintal. A cidade continua sofrendo com a falta de emprego, segurança e com graves problemas na área da Saúde.
Com menos de 60 dias à frente da gestão administrativa, a Organização Social – Instituto Alpha encerrou seu contrato com a Santa Casa de Misericórdia de Santa Fé do Sul. A empresa não declarou quais foram os motivos para o rompimento do contrato. Os motivos podem até não ser de conhecimento público, mas a felicidade dos funcionários já ficou evidente, até porque muitos funcionários com quase 30 anos de serviços prestados alegam que não foram consultados sobre mudanças e demissões. É evidente que tudo que é feito com imposição só gera revolta e indignação.
O Prefeito Ademir Maschio deverá dar mais autonomia para o secretário Municipal de Saúde, Kediel Alves Rodrigues, para, juntamente com o provedor José Biscassi, resolverem ou amenizar os problemas da Santa Casa.
Competência e força de vontade nunca faltaram para esses dois. Entretanto, é importante que os políticos se disponham a buscar recursos dos governos estadual e federal, para a manutenção do atendimento hospitalar, a entidade atende a população mais carente.
A notícia que mais teve repercussão na imprensa foi a posse da nova diretoria do Lar dos Velhinhos São Vicente de Paulo. Amando Rossafa, após dirigir a entidade por 38 anos, deixa o cargo, e, em seu lugar, assume o empresário Hissao Yoshida, membro da Loja Maçônica XV de Novembro.
Fica o agradecimento de todos os santafssulenses pela dedicação durantes os 38 anos de serviços prestados.

Última Edição

primeira

primeira