De Olho na Câmara – Edição 21/10/17

Publicado em 21/10/2017 00:10

Por Kacoal Everaldo.

Nada contra os vereadores de Santa Fé do Sul, e nem haveria motivos para tal, mas é preciso que eles entendam urgentemente que o principal papel de um parlamentar é justamente o de fiscalizar o Executivo.
O que se vê é muita morosidade por parte dos vereadores, até porque o ano está acabando e até o momento não houve qualquer cobrança a respeito da demora da construção do palco na Praça Salles Filho, obra que já teve sua inauguração prevista por diversas vezes.
Cabe ressaltar que esse palco será o cartão postal de Santa Fé do Sul, porém, até que hoje parece quase que impossível imaginar quem foi o “gênio” que escolheu esse local, sem estacionamento e espaço para grandes eventos.
Parece que algumas pessoas não respeitam o dinheiro público, e administram com a total falta de compromisso com a sociedade, e pior, não têm a humildade para consultar especialistas, e daí acabam fazendo muitos elefantes brancos.
Parece que os vereadores estão fazendo vista grossa para as falhas do Executivo, não querem se indispor com o prefeito ou não conhecem a realidade da cidade onde moram.
As praças estão precisando urgentemente de manutenção, a falta de vagas nas creches preocupam as mães que precisam trabalhar para contribuir com a renda familiar. Por outro lado, o comércio está parado e o desemprego está assombrando os santafessulenses.
Já os vereadores estão com cara de paisagem, tranquilos com seus salários garantidos até o final dos seus mandatos, lembrando que muitos deles têm dois empregos e vivem em um mar da tranquilidade, enquanto o resto da população está vendendo o almoço pra comprar a janta.

Última Edição

primeira

primeira