De Olho na Câmara – Edição de 13/01/18

Publicado em 13/01/2018 00:01

Encerra-se o primeiro ano de vereança dos parlamentares de Santa Fé do Sul, e a população se mostra satisfeita com o trabalho da Câmara.
Ao fazermos uma retrospectiva dos trabalhos realizados, podemos destacar como positiva a batalha para garantir a permanência da empresa JBS; o acordo com o prefeito para transformar o 14º salário em ticket alimentação; a aprovação do Programa de Recuperação Fiscal, o Refis, na Funec e Saae, dando a possibilidade às pessoas que estão em dívida com o município quitarem suas dividas.
Vale destacar também a implantação da Câmara Itinerante, projeto cujo objetivo principal é o de diminuir a distância do eleitor dos parlamentares após a campanha eleitoral.
Aprovação do projeto que estende o benefício do vale-alimentação aos membros do Conselho Tutelar também foi algo que deve ser lembrado, assim como a autorização de recursos financeiros para Apae, no valor até R$ 94.695,04; a autorização para o Saae receber doação espontânea em favor da Apae, incluída na fatura mensal de cobrança do consumo de água, até porque com este recurso a entidade poderá melhorar e ampliar seus atendimentos.
Outros grandes destaques foram a aprovação ao prefeito Ademir Maschio para doar os terrenos para a CDHU, para construir 252 casas; a devolução de toda a economia da Câmara durante o ano de 2017 para a Prefeitura, onde foi firmado um acordo que o valor de quase R$ 300 mil a ser repassado à Santa Casa de Misericórdia de Santa Fé do Sul.
Desta forma, encerrou-se o ano de 2017 na esperança de dias melhores a todos os santafessulenses, em especial aos nobres vereadores.

Última Edição