De Olho na Câmara – Edição de 14/10/17

Publicado em 14/10/2017 00:10

Por Kacoal Everaldo

Na última terça-feira, dia 10, foi realizada a 15º sessão ordinária da Câmara de Santa Fé do Sul.
A sessão teve uma pauta extensa, e o destaque foi o requerimento de iniciativa dos vereadores Marcelo Favaleça, Leandro Magoga, Aniceto Facione “Tieto,” Renato Ferraz, José Emidio Calazans e Ronaldo Lima, solicitando informações do Ministro das Cidades quanto à previsão para liberação de novos lotes de municípios contemplados com o Programa Cartão Reforma. O programa tem por finalidade facilitar que as famílias de baixa renda recebam através do referido cartão subsídios que podem variar de R$ 2 mil até R$ 9 mil para a aquisição de materiais de construção para realizarem a reforma, ampliação ou conclusão de suas casas, melhorando assim as condições de suas moradias.
Se esse dinheiro for liberado, vai beneficiar os comerciantes de Santa Fé do Sul, e, consequentemente, garantir os empregos de muitos funcionários que vivem constantemente amedrontados de serem demitidos devido à crise econômica que estamos atravessando.
Esse tipo de requerimento tem que ser abraçado por todos os políticos de Santa Fé do Sul.
Percebe-se que chegou o momento de colocar em prática os discursos de palanques eleitorais, como “Vamos trabalhar por Santa Fé do Sul”.
Já está mais do que na hora de se pensar no coletivo, e menos o próprio umbigo.

Última Edição

primeira

primeira