De Olho na Câmara – Edição de 16/09/17.

Publicado em 16/09/2017 00:09

Aparentemente pelo o que foi visto durante a 13ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Santa Fé do Sul, os vereadores estão com medo de votar temas polêmicos, como, por exemplo, acabar com a lei da incorporação salarial com cinco anos de serviço, até porque a referida lei só serve para beneficiar os amigos de políticos e aumentar o rombo no cofre do município.
Os parlamentares estão mais preocupados em fazer média com a elite da cidade, distribuindo moções de aplausos e nomes de ruas do que resolver problemas que estão atravessando décadas.
Com tantos problemas para serem resolvidos nos bairros, o presidente da Câmara, o vereador Marcelo Favaleça, cria o Projeto de Lei nº100/2017, “Que institui o Dia do Vizinho”.
Será que esse projeto de lei vai resolver os problemas da população mais carente? A população está de saco cheio de falsas promessas. Está na hora dos políticos unirem forças e começar a projetar uma Santa Fé do Sul para todos e esquecer-se de grupo político.
O destaque positivo foi o Projeto de Lei nº 91/2017, de autoria do vereador Leandro Magoga, que “Autoriza o Saae – Serviço Autônomo de Água e Esgoto – a receber doação espontânea em favor da Apae – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, de Santa Fé do Sul, incluída na fatura mensal de cobrança do consumo de água”.

Última Edição