De Olho na Câmara – Edição de 17/06/17

Publicado em 17/06/2017 00:06

Diferentemente do que foi publicado nesta coluna na edição passada, quando foi dito que “parece que os vereadores de Santa Fé do Sul começaram a entender que não se faz política de microfone depois das eleições”, uma vez que “a realidade é totalmente diferente dos palanques eleitorais, e os parlamentares da oposição já deixaram seus discursos demagogos e estão cobrando junto às bases partidárias mais agilidade para construção das 252 casas destinadas à Santa Fé do Sul”, o fato é que os aprendizes de bigode grosso não foram viajar para cobrar agilidade para construção das 252 casas conquistadas pela administração Armando Rossafa. Como já é de costume, os políticos adoram pegar carona nas conquistas de outros, e isso só mostra que devemos fazer um limpa na política global começando pela local.
O destaque da 9ª sessão ordinária da Câmara Municipal de Santa Fé do Sul foi a moção de aplauso de autoria do vereador Leandro Magoga ao senhor Elias Paulo Zuri, pela doação de um carro 0 km para a Santa Casa de Misericórdia. Com essa doação, foi realizada a Noite Premiada, jantar em prol da Santa Casa, gerando R$ 108 mil para o caixa da entidade.
O lado negativo ficou por parte dos parlamentares que não respeitam o regimento interno da Câmara e usam o direito da palavra para ficar mandando abraço para fulano e cicrano, o que é proibido, segundo o próprio regimento.
O que esperamos dos nossos representantes é no mínimo o cumprimento das leis, até porque sessão não é programa de auditório para alguns “palhaços” fazerem suas palhaçadas em forma de média.

Última Edição

primeira

primeira