De olho na Câmara – Edição de 21/04/18

Publicado em 21/04/2018 00:04

Por Kacoal Everaldo
Parece que alguns vereadores de Santa Fé do Sul não entenderam o recado dos eleitores. Os santafessulenses estão exigindo que os parlamentares busquem recursos nas suas bases eleitorais.
Acontece que durante esta semana quatro vereadores foram até Brasília e a única verba que os parlamentares encontraram é uma possível venda de  350 mil para a Santa Casa de Misericórdia de Santa Fé do Sul e isso que já seria liberado com ou sem a presença deles.
A população está começando a perceber que alguns vereadores estão tentando se apropriar de conquistas que não são deles, ou seja, os “espertinhos” ficam sabendo que as possíveis verbas podem sair, correm até a capital  para tirar uma selfie como os idealizadores e verdadeiros responsáveis pela conquista e depois soltam papel na rua falando que foram eles que conquistaram.
Aparentemente o vereador Ronaldo Lima está ressentido com prefeito Ademir Maschio, e o motivo seria o não atendimento de diversos recursos não atendido por parte da atual administração.
Essa recusa pode ter levado uma proximidade do vereador da situação com os parlamentares da oposição.
Resta saber até quando a base da situação vai aceitar calada essa falta de companheirismo.
É sempre bom lembrar aos parlamentares que as indicações são de responsabilidade dos vereadores, mas o mérito tem que ser compartilhado com prefeito, afinal é o Executivo que tem a responsabilidade de executar a ordem do serviço.
Última Edição