De Olho na Câmara – Edição de 2/11/19

Publicado em 2/11/2019 00:11

Santa Fé do Sul precisa se preparar para o futuro e, para isso, cabe aos representantes públicos desenvolverem projetos e leis que proporcionem essas mudanças, de acordo com a realidade financeira do município.
Recentemente o vereador Leandro Magoga fez uma indicação ao Executivo para a implantação de microchips em animais domésticos. Para quem não conhece essa tecnologia, o microchip, é uma microcircuito eletrônico, usado para a identificação de animais. Resta saber se o Executivo vai criar uma lei que determine que todos os animais doados ou comercializados no município estejam devidamente documentados com o microchip de identificação.
Vale ressaltar que essa tecnologia ajudaria a identificar animais perdidos, no controle de doenças e maus tratos.
Outro bom exemplo da preocupação com o futuro de Santa Fé do Sul foi a votação na última terça-feira (29), quando, em Sessão Extraordinária os vereadores aprovaram o Projeto de Lei de autoria do Executivo que inclui um desconto 10% no IPTU Verde para os contribuintes que produzirem energia fotovoltaica.
Segundo o parlamentar Rollemberg, essa foi uma das suas indicações para o Executivo, feita em março de 2018, e que agora fica feliz em ver seu pedido atendido.

Última Edição