De Olho na Câmara – Edição de 26/10/19

Publicado em 26/10/2019 00:10

Segundo os vereadores de Santa Fé do Sul, eles estão fazendo o possível e o impossível para atender a população, mas, infelizmente, não tem como atender a maioria dos pedidos feitos pelos os eleitores.
A justificativa é que o país está atravessando uma crise financeira e política muito grave.
O governo estadual e federal não tem dinheiro para repassar para o prefeito através de emendas parlamentares.
Resta aos parlamentares e o prefeito buscarem parcerias na iniciativa na rede privada para tentar amenizar a situação do município.
Santa Fé do Sul está atravessando uma crise de desemprego e os empresários estão com dívidas aparentemente impagáveis.
Os vereadores que deveriam estar lutando ao lado dos comerciantes, buscando um Refins que realmente atenda a necessidade dos comerciantes, estão fugindo da responsabilidade e deixando os temas polêmicos na mão do prefeito que, por sua vez, está “se afundando” por não honrar seus compromissos, mas, se esquece do dito popular, é melhor pingar do que secar. Melhor parcelar do que deixar de receber.

Última Edição