De Olho na Câmara – Edição de sábado – 29/09/18

Publicado em 29/09/2018 00:09

Por Kacoal Everaldo

Na manhã da última quarta-feira, dia 26, os vereadores participaram da assinatura da lei da Previdência Complementar que tem por finalidade proporcionar ao trabalhador uma proteção previdenciária adicional.
O Projeto de Lei, que foi aprovado na 14º sessão ordinária na Câmara Municipal de Santa Fé do Sul, altera o limite máximo para a concessão de aposentadorias e pensões e autoriza a celebração de convênio com Fundação de Previdência Complementar do Estado de São Paulo.
A partir de agora, após aprovação da lei pelos vereadores na sessão desta última terça-feira, dia 25, o teto de aposentadoria será de R$5.600,00, que irá garantir que os funcionários públicos municipais tenham assegurados suas aposentadorias.
Agora só resta os vereadores tomarem providências para acabar com a incorporação salarial no período de cinco anos, o que na prática só serve para beneficiar os amigos e aumentar a folha de pagamento.
O Executivo não sabe de onde vai tirar dinheiro para pagar os funcionários municipais e o que tudo indica vai ter que fazer um “limpa” na máquina pública.

Última Edição