1ª Copa Direito Unifunec Futsal é encerrada com êxito

Publicado em 11/08/2018 00:08

Por Bárbara Scholl

Aconteceu entre os dias 26 de julho e 3 de agosto, no Ginásio Municipal Antônio Ramon Amaral, a 1ª Copa Direito Unifunec Futsal, realizada pelo aluno André Victor Tompes de Souza do curso de Direito do Unifunec – Centro Universitário –, com o apoio do Unifunec.
Em entrevista a O Jornal, o organizador da competição, André Victor Tompes de Souza, explicou que o campeonato foi voltado apenas para alunos do curso de Direito do Unifunec, e reuniu cerca de 100 atletas na competição.
Segundo ele, a competição contou com 10 equipes, sendo elas seis masculinas e quatro femininas, do 1° ao 5° ano dos cursos diurno e noturno. “Houve uma exceção em nosso regulamento, para que houvesse equipes em número par, pois o campeonato foi realizado em formato de grupos, para que, assim, na categoria masculina, eliminássemos dois times e fossem quatro para a final”, disse.
André Tompes explicou que para que as equipes fossem formadas houve a junção de alunos do mesmo ano, mas de períodos diferentes. “O 1° ano diurno se juntou com o 1° ano noturno, por exemplo. Apenas o 3° ano que teve duas equipes separadas”, comentou.
A campeã, no masculino, foi a equipe do 3° ano noturno, que recebeu medalhas de ouro e 10 fardos de cervejas, e o vice-campeão foi o 5° ano, que recebeu medalhas de prata e cinco fardos de cervejas. Já no feminino, a campeã foi a equipe do 1° ano, que recebeu medalhas de ouro e 10 fardos de cervejas, e o vice-campeão foi o 4° ano, que recebeu as medalhas de prata e cinco fardos de cervejas. As premiações foram doadas pelo Unifunec.
Já o artilheiro da competição no masculino foi Bruno Garcia, do 2° ano, com oito gols; o melhor jogador foi Matheus Araújo, do 3° ano noturno; e os goleiros menos vazados foram Enzo Ferreira, do 1° ano; e Fábio Scapin, do 4° ano. “Para a premiação dos goleiros, nós levamos em conta a quantidade de jogos que os atletas participarem, e não os gols que eles tomaram, e dessa forma a organização do evento achou melhor premiar os dois goleiros”, explicou. No feminino, a artilheira com 16 gols e melhor jogadora foi Tuany Gasques, do 1° ano, e a goleira menos vazada foi a Beatriz Mayume, também do 1° ano. Os atletas foram premiados com um valor em dinheiro de R$ 50,00 para o masculino e R$ 40,00 para feminino, para serem gastos nas lojas parcerias.
André Tompes salientou que o campeonato atingiu a sua finalidade, que foi a integração entre as turmas do curso de Direito, tanto diurno quanto noturno. “Essa copa cumpriu todas as metas, fortalecendo os laços de amizade entre os estudantes, fazendo com que eles se unissem mais. Dessa forma fiquei muito contente com a competição e já estou até com saudades”, comentou.
Tompes falou também da importância da ajuda dada pelo presidente do Unifunec Aderval Clóvis Morreti, pela reitora, professora doutora Sâmira Ambar Lins, pela professora coordenadora doutora Luciana Stefanoni, por todo o corpo docente do curso de Direito, familiares e alunos, e ressaltou que “é muito importante o apoio que recebemos para a realização desta primeira competição, onde todos se uniram”, salientou.
De acordo com o organizador, a 1ª Copa Direito Unifunec Futsal foi espelhada na Copa Odonto de Futsal, mas foi introduzida em formato diferente. “Realizamos a nossa competição em um ginásio mais confortável, com uma quadra maior e com venda de comidas e bebidas e também com seguranças para atrair as famílias para o local”, finalizou.

Última Edição