Campanha ‘Santa Fé em Doação’ pretende ampliar os números de doadores na cidade

Publicado em 19/07/2018 00:07

Por Bárbara Scholl

No dia 11 de julho, teve início a campanha “Santa Fé em Doação”, em parceria com o Hemocentro de Fernandópolis, bem como o projeto “Seja um Herói, Salve Vidas”.
A finalidade da campanha, que conta com o apoio e atuação da Prefeitura, Santa Casa, Rotary, O Jornal, Etec, Rádio Dinâmica, Rádio Santa Fé, Unifunec, Primeira Igreja Batista de Santa Fé do Sul e Rádio Cidade FM, é ampliar o número de doação de sangue e também de cadastro para medula óssea.
Cláudio Azevedo, que é responsável pelo projeto “Seja um Herói, Salve Vidas” e o organizador de várias campanhas por toda a região, explicou que é preciso envolver a população através de setores públicos e privados. “O estoque de bolsas de sangue do Hemocentro de Fernandópolis é sempre baixo, por isso devemos manter frequentes as campanhas de doação. Já o cadastro para a doação de medula é muito importante, pois há muita dificuldade de encontrar doadores compatíveis para pacientes com câncer, sendo um compatível para cada 100 mil pessoas. Dessa forma, agregamos duas necessidades em campanhas por toda a região”, relatou.
As pessoas que se interessarem em participar da campanha de doações de sangue devem ter idade entre 19 e 69 anos. Os homens devem ter mais de 50 quilos, e as mulheres mais de 51, sendo que a primeira doação de sangue para ambos deve ocorrer antes dos 60 anos.
No sábado, dia 21, será o último dia da campanha no mês e haverá um ônibus disponível gratuitamente para levar as pessoas até o Hemocentro de Fernandópolis. O ônibus sairá às 7:30 horas defronte a rodoviária, e passará nos pontos da Praça da Matriz, Escola Agnes Rondon Ribeiro, Sakahista Supermercados e Monumentos dos Tucunarés.
Para mais informações entrar em contato com o setor de comunicação da Prefeitura, pelo telefone 3631-9500.

Última Edição