Meu salário será 100% doado, afirma candidato a prefeito de Fernandópolis

Publicado em 13/11/2020 00:11

De forma ousada e surpreendente, o candidato a prefeito de Fernandópolis, Renato Colombano (Republicanos), anunciou durante a sabatina promovida pelo Sindicato dos Servidores Municipais, na noite da última terça-feira (10) que vai doar 100% do seu salário como prefeito durante o seu mandato.
“Eu amo a minha cidade. Tudo o que eu tenho eu invisto em Fernandópolis, junto com a minha família. Eu não preciso de política para viver, muito pelo contrário, eu preciso de política para ajudar os fernandopolenses”, afirmou.
Colombano também confirmou após a sabatina que a primeira entidade que será beneficiada com sua doação será a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Fernandópolis.
“Faço agora um compromisso público com todos vocês da doação de 100% do meu salário de prefeito municipal. Eu não preciso dele, eu preciso estar junto com vocês. O meu salário será 100% doado. Não irei ficar com um centavo do meu salário de prefeito municipal, porque eu quero nesses quatro anos trabalhar por vocês, cidadãos e cidadãs de Fernandópolis”, garantiu Colombano.
Segundo o Portal da Transparência, atualmente o salário do prefeito de Fernandópolis, aumentado na atual gestão, é de R$ 17.938. Anualmente, só com a soma do salário, o chefe do executivo recebe um total de R$ 215.256, sem contar 13º, férias e outros benefícios.
Ainda durante a sabatina, Colombano também assumiu o compromisso público de reduzir em 80% os cargos comissionados da prefeitura.
“Esse compromisso de redução de 80% dos comissionados e da doação de 100% do meu salário será feito amanhã (11) no cartório, para que vocês tenham a confiança no que eu estou dizendo. Por isso estou fazendo esse compromisso com vocês, porque eu quero trabalhar pelos próximos quatro anos pelo nosso município, para o crescimento da nossa cidade”, concluiu. Região Noroeste.

Última Edição