Sindicato Rural e Senar disponibilizam novos cursos à população

Publicado em 5/07/2018 00:07

Por Bárbara Scholl

O Sindicato de Santa Fé do Sul e o Senar – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural –, em parceria com as prefeituras da região, efetuam neste mês de julho, sete novos cursos, sendo eles Operação de Retroescavadeira; Operação e Manutenção de Tratores Agrícolas; Processamento de Queijo Filados e Fundidos; Processamento de Queijos de Massa Crua, Semi-Cozida e Cozida; Programa Promovendo a Saúde no Campo – Doenças Infecto Contagiosas – Informação e Prevenção; Programa Promovendo a Saúde no Campo – Alimentação Saudável e Equideocultura – Preparar o Animal para Comercialização.
Em entrevista a O Jornal, o coordenador do Senar, Emerson Ronaldo Assi, relatou que a finalidade dos cursos é capacitar os produtores para que eles possam adquirir conhecimentos na área que eles atuam e terem um melhor efeito no trabalho desenvolvido em suas propriedades, e, dessa maneira, melhorar a renda. Todos os cursos que o Sindicato Rural e o Senar oferecem são totalmente gratuitos e com certificados que são reconhecidos nacionalmente.
A partir de hoje, dia 5, até o dia 7, será realizado o curso de Operação de Retroescavadeira, em Santa Fé do Sul, e atenderá até oito pessoas, e será ministrado pelo instrutor do Senar Lucas Rangel Doimo, tendo a carga horária de 24 horas. Os participantes aprenderão sobre o sistema de implemento acoplado aos três pontos do hidráulico; componentes da retroescavadeira; acoplar o implemento da retroescavadeira ao trator, dentre outros ensinamentos.
Entre os dias 9 e 13 acontecerá o curso de Operação e Manutenção de Tratores Agrícolas, em Santa Rita D’Oeste, para 15 participantes, que será ministrado também pelo Lucas Rangel Doimo, e terá a carga horária de 40 horas. Os participantes aprenderão sobre o funcionamento do sistema de transmissão; manutenção do sistema de lubrificante do motor; pontos de lubrificação do trator; dentre outros.
Nos dias 23 e 24 haverá o curso de Processamento de Queijo Filados e Fundidos, no Cras – Centro de Referência da Assistência Social – de Santa Fé do Sul, e atenderá 10 produtores, e será ministrado pela instrutora do Senar Maria Brandão, e terá a carga horária de 16 horas. Os produtores poderão conhecer sobre o regulamento da inspeção industrial e sanitária de produtos de origem animal; a modelagem do queijo; as principais análise físico-químicas; além de outras técnicas.
Entre os dias 25 e 26 será realizado o curso de Processamento de Queijos de Massa Crua, Semi-Cozida e Cozida, no Cras – Centro de Referência da Assistência Social – de Santa Fé do Sul, para cerca de 10 produtores, que também será ministrado pela Maria Brandão, e terá a carga horária de 16 horas. Os produtores aprenderão sobre a recepção da matéria-prima; pasteurização; características sensoriais, dentre outros.
Também no dia 26, acontecerá o curso do Programa Promovendo a Saúde no Campo – Doenças Infectocontagiosas – Informação e Prevenção, em Santa Rita D’Oeste, que atenderá 50 pessoas, sendo ministrado pela instrutora do Senar Tatiane Vilela, e terá a carga horária de oito horas. O curso aborda temas como os sintomas das hepatites virais; sintomas das meningites; doenças sexualmente transmissíveis, dentre outras doenças.
No dia 27, haverá o curso do Programa Promovendo a Saúde no Campo – Alimentação Saudável, em Rubineia, para 35 pessoas, que será ministrado também por Maria Brandão, e terá a carga horária de oito horas. Os inscritos receberão informações sobre alimentação alternativa; doenças transmitidas por alimentos; armazenamento e conservação dos alimentos, dentre outros ensinamentos.
Para finalizar os cursos do mês de julho, será realizado entre os dias 31 de julho e 3 de agosto, o curso de Equideocultura – Preparar o Animal para Comercialização, em Três Fronteiras, para 12 produtores, e ministrado pelo instrutor do Senar Claudio Reis, com carga horária de 32 horas. Os produtores terão orientação sobre o manejo das instalações; destino correto do estrume – esterqueira; prevenção contra vícios de estabulagem, dentre outros.
Emerson Assi disse que todos os materiais usados nos cursos são fornecidos pelo Sindicato Rural e Senar gratuitamente, inclusive as refeições.
Quem tiver interesse em participar dos cursos oferecidos pelo Sindicato Rural e Senar, basta entrar em contato pelo telefone 3631-1611, ou ir até o Sindicato, que localizado na rua 15, n° 620, ou até mesmo na Casa da Agricultura, onde são oferecidos os cursos.
“É importante que os produtores participem desses cursos, porque irão trazer mais sabedoria e consequentemente agregar mais valor aos produtos preparados por eles. São oportunidades que eles têm para ter um melhor crescimento profissional”, finalizou Emerson Assi.

Última Edição