Tópicos da Semana – Edição de 9/12/17

Publicado em 9/12/2017 00:12

Por Mário Aurélio Sampaio e Silva.
Charge: Leandro Gusson (Tatto).

Sonho de Natal

O clima de Natal já tomou conta das ruas de Santa Fé do Sul, e isso já vem ocorrendo desde a inauguração do Projeto Sonho de Natal, que se deu no dia 18 de novembro, e que, por sinal, está de encher os olhos de tanta beleza. Já é possível observar turistas que aqui nos visitam exclusivamente para conhecer a decoração natalina, atualmente nacionalmente comentada. Há também relatos de pessoas que afirmaram ter anteriormente ouvido falar sobre o Projeto, mas que, quando aqui chegaram, viram uma cidade jamais imaginada. Realmente é um Sonho de Natal.
Abrindo as portas

A partir de hoje, o comércio terá um horário diferenciado, ou seja, as lojas estarão com suas portas abertas até mais tarde e, mais especificamente neste sábado, por exemplo, até às 16:00 horas, formando um cenário típico deste período do ano e muito aguardado pelos lojistas e consumidores.
Bons frutos

Embora grande parte dos lojistas projete que o período de maior movimentação para o comércio seja mesmo a semana que precede o Natal, quando as pessoas costumam intensificar as suas compras de final de ano, a expectativa a partir de hoje é bastante positiva. Grande parte dos proprietários de lojas, restaurantes, lanchonetes, petiscarias e afins compartilha da mesma expectativa, que é a de que este ano a época será de “colher bons frutos”.
Lucro

Muitas sorveterias e casas de açaí, por exemplo, que já usualmente abrem seus comércios à noite têm notado um fluxo significativo de clientes e a expectativa agora, com a abertura oficial do comércio no período noturno, é de que ocorra um aumento de pelo menos 50% nas vendas. É bom para o dono, evidentemente, bom para quem consome, bom para a cidade, é claro, e bom para todos os cidadãos que verdadeiramente amam Santa Fé, afinal de contas o que vale mesmo é o ditado “estar na boca do povo”.
Arriba!!!

As perspectivas de boas vendas nas festas de fim de ano estão alimentando, e muito, os sonhos dos varejistas. Após dois anos de recessão e de queda nas vendas do comércio, a mesmo que pequena reação da economia vai ajudar a reerguer a atividade. O setor prevê que terá neste Natal o melhor desempenho em quatro anos.
Trégua

Oras, motivos não faltam para sustentar o otimismo. A inflação, que tanto comprometeu o poder de compra das famílias deu uma ligeira trégua este ano. Assim, com a desaceleração dos preços, os juros também caíram. E, se há uma receita que agrada aos consumidores é a possibilidade de comprar produtos à vista, com preços mais em conta, ou em prestações que caibam no orçamento. Devido ao cenário favorável, a CNC – Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo – espera para o Natal de 2017 um crescimento de 4,3% nas vendas.

Gordinho

Há de observar que ainda estamos vivendo um período de profunda crise econômica e que o poder aquisitivo do brasileiro caiu drasticamente nos últimos anos. Não se trata, porém de um “mar de rosas”, muito menos que o nosso comércio irá “bombar”; entretanto, a espera é de um Natal um pouco mais gordo.
Historieta

Há uma história que compara uma pata e uma galinha na hora de por seus ovos. A pata, com aquele ovo enorme, ao botar, quase não grasna; mas a galinha, ahhhhh, a galinha, com aquele ovo tão pequeno, cacareja para o mundo todo ouvir, faz o maior estardalhaço como se quisesse mesmo chamar a atenção. Uma, com uma “obra tão grande”, quase não faz alarde; a outra, com “algo tão pequeno”, promove o maior estardalhaço. Assim são as pessoas. Umas, com seus gestos tão nobres ou feitios tão importantes, quase nada falam; outras, com verdadeiras merrecas, soltam o maior foguetório.
Belo exemplo

Eis que o atual secretário Municipal de Saúde, Kediel Alves Rodrigues vem demonstrando ser detentor de muita competência naquilo que faz. Atento as necessidades da população, vai, sem fazer alarde, até onde o povo está. Nesta semana, por exemplo, esteve em algumas ESFs – Estratégias de Saúde da Família – para saber justamente do povo, quais suas principais reivindicações, necessidades, como estão sendo atendidos, ou seja, está arregaçando as mangas e botando a mão na massa. É sabido que muito há de ser feito como, por exemplo, uma maior agilidade em algumas consultas e exames, mas não se pode negar que a Saúde de Santa Fé do Sul é uma das melhores da região.
Belo exemplo II

Na manhã da última quarta-feira, durante a 10ª Sessão Extraordinária do ano, os vereadores da Câmara Municipal de Santa Fé aprovaram por unanimidade as contas do exercício da Prefeitura de Santa Fé do Sul relativas ao exercício de 2015, na época governada pelo ex-prefeito Armando Rossafa Garcia. Com pareceres favoráveis do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, a Comissão de Orçamento, Finanças, e Contabilidade do Legislativo, composta pelos vereadores Aniceto Facione, José Emídio Calazans e Ronaldo Lima, emitiu também parecer favorável à aprovação das contas de Armando Rossafa. É veinho? É Armandinho? É outros inhos? Pois então, soube, pelo que parece, governar com maestria no que tange na lida com os cofres públicos.

Última Edição