Tópicos da Semana – Edição de sábado – 17/11/18.

Publicado em 17/11/2018 00:11

Por Mário Aurélio Sampaio e Silva.
Charge: Leandro Gusson (Tatto).

Bem-vindos à Estância
No ano passado, por ocasião do Natal e ano novo, a Estância Turística de Santa Fé do Sul recebeu pelo menos 89 mil turistas durante os 40 dias do projeto, de 18 de novembro a 10 de janeiro. Muitos, nas residências ou ranchos de seus familiares, outros nos tantos ranchos de aluguel e ainda nos hotéis que a cidade dispõe. E mais, bares, lanchonetes, restaurantes e afins estiveram praticamente cheios todas as noites. É bom para a cidade, alavanca todo o comércio, leva o nome do município para os quatro cantos do país, e é assim que devemos seguir, promovendo ações que ofereçam meios para que os turistas se sintam interessados em conhecer quem é essa “tal de Santa Fé do Sul, linda de se viver”.
Atendendo o freguês
O que se espera, entretanto, e mais uma vez, e quem sabe por definitivo, é que os comerciantes se atentem sobre várias questões pertinentes a esta época do ano, pois muitos turistas ainda reclamam do mau atendimento, da falta de um simples pão para comer um lanche, do suco que acaba quase que antes da noite efetivamente começar, da cerveja que não está gelada, e principalmente da demora no atendimento.
Dos empresários, mais comprometimento
Para se ter uma ideia, no ano passado foi feita uma pesquisa de satisfação, e das 2.014 pessoas entrevistadas, 70% afirmaram não se sentirem satisfeitas com o atendimento prestado na cidade, ou seja, algo deve ser imediatamente modificado neste sentido; entretanto, mesmo com todas as políticas voltadas a todos esses estabelecimentos comerciais, com cursos, palestras etc, a adesão ainda é muito pequena, o que demonstra, de certa forma, que muitos comerciantes não têm a real noção do grande papel do atendimento de excelência. A Administração Municipal, através das Secretarias de Turismo e Cultura, tem feito a sua parte, espera-se, agora um maior comprometimento por parte dos comerciantes e funcionários.
Modelo
Para tal, a Secretaria Municipal de Turismo e a ACE irão trazer mais cursos no sentido de capacitar proprietários e funcionários dos estabelecimentos comerciais, desde bares a lojas e butiques, aliás, cabe uma grande ressalva aqui, a Apolo Modas, de propriedade do presidente da Associação Comercial de Santa Fé, seria um belo modelo a ser seguido, tamanha a destreza com que trata seus clientes, e é justamente isso que a cidade precisa, de pessoas que entendam que o cliente precisa se sentir em casa, respeitado, e, mais ainda, muito bem atendido.
Todos podem ganhar
Precisamos entender que para vivermos de turismo temos que tratar os turistas como joias raras, assim como fazem muitas cidades turísticas. Não podemos vender algo mais caro, como o ditado que diz que “a ocasião faz o ladrão”. Principalmente em época de crise, temos que cativar nossos visitantes, aproveitando que somos abençoados por termos uma linda cidade, e não usar do momento para “tirar um dinheirinho a mais”. Sem ganância, todos podem sair ganhando.
Suporte
Sobre o ponto de vista turístico, questionado sobre qual é o suporte que a Secretaria Municipal de Turismo dá às pessoas que aqui vêm nos visitar, principalmente durante esses 40 dias do Projeto Sonho de Natal, Alex Sandro da Silva, que está na Secretaria desde 1º de fevereiro deste ano, disse que o turismo abrange muitas áreas. A Agência de Turismo Receptivo, que fica na entrada da cidade, ao lado do campus II do Unifunec, já está aberta desde a última terça-feira, dia 13, das 13:30 às 22:00 horas, com o objetivo de prestar todas as informações que se fizerem necessárias aos que aqui chegarem, como locais de restaurantes, bares, lanchonetes, postos de gasolina, pontos turísticos, onde praticar esportes náuticos, fazer passeios de barcos e lanchas, além da pesca esportiva, bem como a entrega de um material turístico sobre a cidade.
Números
Em um passado não muito distante, Santa Fé do Sul contava com meia dúzia de hotéis e talvez a mesma quantidade de restaurantes, e olhe lá. Hoje a cidade se expandiu, cresceu e novos investidores viram aqui um nicho empreendedor. Atualmente a cidade é dotada de 12 hotéis, com, ao todo, 310 apartamentos, com capacidade total de 784 leitos. Há, em toda a nossa orla, 537 ranchos e, disponíveis para locação, 100 unidades que são locados diretamente pelas imobiliárias, fora os ranchos locados de forma particular.
Números II
A cidade hoje possui 23 restaurantes, 24 lanchonetes, 14 pizzarias, 18 sorveterias, 4 pastelarias, quase que uma centena de bares e 3 churrascarias, ou seja, muitos estabelecimentos gastronômicos, uma gama de variedades bastante razoável para uma cidade do porte de Santa Fé do Sul, o que demonstra que também não deixamos a desejar no quesito alimentação.
Recepção ao turista
Além do Portal Receptivo na entrada da cidade, o diferencial deste ano será a presença da equipe das Secretarias de Turismo e Cultura na Praça Salles Filho. O secretário Alex Sandro da Silva destacou que alguns quites com guias turísticos, mapas, informações sobre o Sonho de Natal também estarão dispostos nos hotéis da cidade, isso para que o turista que aqui chegue saiba o que a cidade tem a lhe oferecer.
Atrações
Este ano haverá quatro pontos altos durante o período do Sonho de Natal: o show com a banda Jafferson, hoje, abrindo as festividades de final de ano; o Encontro de Caros Antigos, com 250 expositores já confirmados, e que acontecerá nos dias 8 e 9 de dezembro, inclusive com a apresentação de Abba Cover; o show para o lançamento do DVD do cantor santafessulense Luan Kastelan, que virá com a banda da dupla João Bosco & Vinicius, em um show que promete grandes novidades tamanha a sua produção; e o Show da Virada, com Kelvin Araújo e Banda.
Dificuldades x qualidade
O secretário destacou que mesmo diante de tantas dificuldades econômicas em que o país se encontra, e consequentemente suas cidades, tanto a sua vontade como a da secretária de Cultura, Paula Toppan, seria a de trazer também grandes nomes da nossa música popular brasileira para atrair ainda mais público para a Estância Turística de Santa Fé do Sul, assim como é feito na Ficcap, porém, ele acredita que, mesmo assim, a cidade terá este ano um belo Sonho de Natal, com boas apresentações, decoração impecável e a magia e receptividade que é inerente ao povo santafessulense.

Última Edição