COM OS PREÇOS DA CARNE MAIS SALGADOS, MAIORIA DOS MORADORES DE SANTA FÉ TEM ESCOLHIDO OVO E FRANGO COMO MISTURA

Publicado em 20/07/2021 15:07

Com os altos preços da carne, que já perduram por vários meses, grande parte dos moradores de Santa Fé do Sul, assim como em todo o país, tem procurado substituí-la por ovos ou frango como mistura, que, aliás, também estão um pouco mais caros.
Para se ter uma ideia, o lagarto, a paleta, o patinho, o acém e o músculo estão acima dos R$30,00 o quilo.
Já o preço do alcatra, da maminha, do coxão mole e do contrafilé ultrapassa os RS40,00.


Tudo começou ainda nos anos anteriores a 2019, quando havia uma presença maior do abate de fêmeas. Isso levou a uma menor quantidade de bezerros atualmente o que, por sua vez, diminuiu a oferta do animal para o abate.


Mas este não é o único motivo para o crescimento dos preços.
No final do ano aconteceu uma seca mais longa do que o normal, o que levou a um atraso na produção do boi de pasto.


Sem o pasto, o boi não obtém todos os nutrientes necessários para o seu desenvolvimento e o produtor precisa investir em suplementos para resolver este problema.
Além disso, a produção pecuária está mais cara também devido à desvalorização do real e, com isso, quem sofre é o consumidor.

Última Edição