ENFERMEIROS SÃO FLAGRADOS EM FESTA CLANDESTINA E GRITAM “COVID-19” PARA AS CÂMERAS

Publicado em 30/06/2020 13:06

Uma festa clandestina neste fim de semana em Nova Andradina, a 270 quilômetros de Três Lagoas, teve servidores do Hospital Regional flagrados gritando ‘Covid-19’ e será investigada pela polícia.
Nas imagens recebidas pelo Jornal Midiamax é possível ver várias pessoas participando de uma festa ‘clandestina’ regada a muito álcool e som alto.

 


Os participantes ainda gritavam durante a filmagem ‘Covid-19’ e pediam para que fizessem doações usando o QR Code, em uma ‘brincadeira’ lembrando as lives de artistas feitas durante a quarentena.


Várias fotos da festa e os vídeos circularam em diversos grupos, o que gerou grande revolta na população.


Segundo a denúncia, os participantes da festa seriam na maioria enfermeiros da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Regional.


Também estaria no vídeo um diretor de escola. As imagens e fotos chegaram até a polícia que agora investiga o caso.
O Hospital Regional de Nova Andradina e o diretor da unidade, Norberto Fabre, afirmaram que assim que forem notificados pelas autoridades policiais um procedimento administrativo será aberto, e que todos os envolvidos na festa clandestina já teriam sido identificados.
Ainda de acordo com Norberto, “já demos todas as orientações aos profissionais, mas não temos controle sobre o que fazem fora do trabalho”. Três Lagoas No Ar.

Última Edição