LOTOFÁCIL TERÁ MUDANÇAS A PARTIR DA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA

Publicado em 30/07/2020 17:07

A Lotofácil, a segunda loteria mais vendida pela Caixa, terá novidades para os apostadores a partir da próxima segunda-feira (3). Os sorteios passarão a ter periodicidade diária, de segunda-feira a sábado. Até então, a Lotofácil era sorteada as segundas, quartas e sextas.

 


Outra mudança na modalidade é a premiação adicional aos concursos de final 0.
A distribuição dos valores destinados à premiação ficará assim: 62% do total serão destinados aos acertadores de 15 números (principal faixa de premiação); 13% serão para a segunda faixa, ou seja, para quem acertar 14 números entre os 15 sorteados; 10% serão destinados para os concursos de final 0 e os 15% restantes ficam acumulados para a primeira faixa – 15 acertos – do concurso especial realizado em setembro de cada ano, a Lotofácil da Independência.


O primeiro concurso com final 0 a ser sorteado após a implementação das alterações será o de número 2.010, previsto para ocorrer no dia 13 de agosto.
TEIMOSINHA E BOLÃO
Um pouco antes disso, no dia 10 de agosto, também passam a valer novas alterações na Lotofácil, como a ampliação na quantidade de apostas múltiplas permitidas, a quantidade de Teimosinhas e a ampliação na quantidade de cotas por Bolão.


Atualmente, é possível apostar de 15 a 18 números dentre os 25 disponíveis no volante. Com a mudança, será possível marcar até 20 números por volante, aumentando a probabilidade de acerto.
O valor de uma aposta simples da Lotofácil, com 15 números, é de R$ 2,50. A aposta múltipla de 19 números vai custar R$ 9,6 mil e a de 20 terá o custo de R$ 38,7 mil.
Para quem quiser concorrer com os mesmos números em mais de um concurso, a Lotofácil também vai permitir uma quantidade maior de apostas no formato Teimosinha: poderão ser até 24 concursos, o dobro do que é possível atualmente.
Os apostadores que costumam fazer apostas em grupo por meio do Bolão Caixa também vão poder aumentar as chances de ganhar na Lotofácil: a quantidade máxima de cotas passa a ser de 100 por bolão. Os bolões têm preço mínimo de R$ 10,00, sendo que cada cota não pode ser inferior a R$ 3,00.
É permitida a realização de, no máximo, 10 apostas por Bolão, em caso de bolões com 15, 16, 17 ou 18 números. No caso de bolões com 19 números, o máximo será de 6 apostas por Bolão. Para bolões com 20 números só será possível a realização de uma aposta. Em caso de Bolão com mais de uma aposta, todas elas deverão conter a mesma quantidade de prognósticos. Agência Brasil.

Última Edição