MORRE, AOS 36 ANOS, O FISIOTERAPEUTA SANTACLARENSE ALUISIO RICARDO DE LIMA FACCINCANI

Publicado em 5/08/2018 13:08

Faleceu por volta das 8:00 horas de hoje, dia 5, em Votuporanga, Aluisio de Ricardo de Lima Faccincani, vítima de choque séptico, em decorrência de uma infecção generalizada. Aluisio teve, ao longo da vida, diversos problemas decorrentes de meningite herpética.
Muito querido na cidade, era filho do funcionário público aposentado Moacir Faccincani e da ex-professora Maria Luísa, cursou Fisioterapia no Unifunec e, em seguida, mudou-se para a cidade de Monte Mor, região metropolitana de Campinas. Logo após, foi para Campinas, onde trabalhou na empresa Tetra Pak, multinacional que fabrica embalagens para alimentos.
Segundo amigos mais próximos, embora vivesse em Campinas, estava em Santa Clara sempre que possível, como em feriados ou férias. “Todos tinham muito apreço por ele, era uma pessoa muito querida, amável e sem inimigos”, declarou uma amiga.
No dia 23 de dezembro de 2016, em Campinas, teve uma crise de meningite, e, com fortes dores de cabeça, procurou um hospital mais próximo. Ficou internado por 100 dias.
Quase que em estado vegetativo, seu pai, após a alta do hospital, o levou para sua casa em Santa Clara, onde montou uma grande estrutura para que o filho tivesse todos os cuidados dos familiares.
Entretanto, Aluisio não mais conversava, não ouvia, não falava e perdera também a visão, além dos movimentos.
Nesse interim, seu pai o levou diversas vezes ao hospital devido a sucessivas crises de meningite.
Seu corpo será velado no Velório Municipal, a partir das 13:00 horas, e sepultado às 18:00 horas no Cemitério de Santa Clara D’Oeste.
Leia mais na edição impressa de quinta-feira, dia 9.

Última Edição