POLÍCIA INVESTIGA MAIS DE 30 DENÚNCIAS DE ESTELIONATO CONTRA CONSTRUTORA DE RIO PRETO

Publicado em 19/06/2018 10:06

A Polícia Civil investiga mais de 30 denúncias de estelionato contra uma construtora. Segundo as vítimas, os proprietários da empresa cobraram uma quantia para a liberação do financiamento na Caixa Econômica Federal, mas a construtora não deu continuidade às obras.
É o caso da Regiane, que fez um financiamento em fevereiro de 2017 no valor de R$ 130 mil para a construção de uma casa com a “Criativa Incorporadora”, empresa que dizia ser credenciada para realizar contratos com a Caixa. No entanto, o imóvel que era para estar pronto em agosto ainda não foi entregue.
A Marcela também contratou a empresa para construir a casa dela há 9 meses. Ela deu um carro no valor de R$ 35 mil de entrada no imóvel, mas a obra não foi iniciada.
Segundo a polícia, pessoas de cinco municípios do noroeste paulista contam que fizeram denúncias semelhantes e apenas nesta segunda-feira, dia 18, em Rio Preto, foram registrados mais de 30 boletins de ocorrência por estelionato.
A engenheira civil Luciele Oliveira conta que trabalhou na “Criativa Incorporadora” de dezembro de 2016 a março de 2017 e que também procurou a polícia porque alega que teve seu nome usado indevidamente pelos donos da empresa.

Fonte: G1

Última Edição